ABC dos Alimentos: O Cravinho em Versão Rápida!

Nota Cooking: Contribuição do Paulo Herculano, autor do blog The Wild Kitchen!

Cooking World - ABC dos Alimentos - Cravinho

O Syzigium aromatium ou cravinho pertence à família das Mirtáceas e desde há muito é utilizada no Oriente para eliminar o mau hálito e comunicar “bom cheiro”. Na China do séc. III antes de Cristo, era mastigada antes de se falar com o Imperador, e ainda hoje, se reconhece o seu aroma, à porta de alguns consultórios de dentistas, onde a “essência de cravo” é utilizada devido às suas propriedades antissépticas. Na Índia e na Pérsia, são-lhe atribuídas propriedades afrodisíacas.

O sabor picante e aroma a flores e frutos tropicais do cravinho é excepcional em pratos de caça, caldeiradas, guisados, estufados,  sopas e marinadas.

Benefícios para a Saúde:

● Estimulante

● Propriedades Aperitivas

● Elimina os Gases Intestinais

Fonte: Vaqueiro.

Paulo Herculano – The Wild Kitchen.

Anúncios

Mexican Coffee

Por aqui adora-se café de quase todas as maneiras e feitios; logo, esta receita de café mexicano despertou-me a curiosidade… Parece-me um bocadito estranha, mas isso nunca me impediu de fazer as minhas aventuras culinárias – vou experimentar! Alguém me acompanha?

ICooking World - Mexican Coffeengredientes:

1 dl de creme culinário Vaqueiro
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de sopa de açúcar
noz moscada
4 quadrados de chocolate negro
± 5 dl de café forte
4 paus de canela

Preparação:

Coloque o creme culinário, que deve estar bem frio, numa taça, junte-lhe a canela em pó, o açúcar e uma pitada de noz moscada e bata energicamente até estar bem espesso. Reserve no frigorífico.

Rale o chocolate e distribua-o por 4 chávenas.

Prepare o café na máquina e distribua-o pelas chávenas.

Por cima deite o creme culinário bem frio e sirva de imediato com 1 pau de canela em cada chávena.

Fonte: Vaqueiro.

Receitas Rápidas para Impressionar

Sempre que passo pelo website da Vaqueiro, fico a babar pelos workshops que lá estão anunciados; mas ao mesmo tempo tenho sempre dois problemas: primeiro, onde deixar os filhotes… Segundo, ter o valor disponível na altura dos mesmos, lol! Mas enfim, algum dia hei-de conseguir frequentar pelo menos este workshop de receitas rápidas para impressionar!

Na descrição do curso pode ler-se: “Receitas sofisticadas, mas de execução simples, passando por requintados empratamentos, em que vai poder brilhar como “chef”. Depois deste curso, não vai conseguir resistir a impressionar, a cara metade, os amigos, os familiares, os colegas e os chefes…“.

O workshop custa 55€ e tem uma duração de 3h e as próximas edições terão lugar no dia 26 de fevereiro das 19h às 22h e no dia 12 de março, no mesmo horário. Onde? Em Lisboa, na Academia dos Sabores, que se situa no Largo Monterroio Mascarenhas, nº1 – 1099-081 Lisboa (próximo do Centro Comercial das Amoreiras).

Fonte: Vaqueiro.

Chowder de Mexilhão

Chowder de mexilhão é uma sopa; ou um prato de peixe; ou um bocadinho de cada, que não me consigo decidir; mas que não é comum nas nossas mesas, lá isso não é (pelo menos na minha), por isso toca a experimentar e surpreender a família!

Ingredientes:

Cooking World - Chowder de Mexilhão1 kg de mexilhão
3 dl de água
2 cebolas
1 alho francês
100 g de bacon
80 g de Vaqueiro Alho
Sal
1 folha de louro
3 batatas médias
5 dl de leite
250 ml de natas
Pimenta preta de moinho
Salsa

Preparação:

Raspe as conchas dos mexilhões retire-lhes as “barbas” e lave-os em água corrente. Escorra bem.

Coloque os mexilhões num tacho grande, junte-lhes a água, coloque a tampa no tacho e leve ao lume. Deixe aquecer bem, agitando o tacho de vez em quando até os mexilhões abrirem todos. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco, mantendo o tacho tapado.

Entretanto, descasque as cebolas e pique-as finamente. Corte o alho francês em rodelas, lave e escorra bem. Pique o bacon em pedacinhos.

Deite a Vaqueiro Alho numa panela, leve ao lume, deixe derreter e adicione a cebola picada, o alho francês e o bacon. Salpique com sal, junte a folha de louro, tape e deixe estufar sobre lume brando.

Entretanto, pele as batatas, corte-as em cubinhos, deite na panela e volte a tapar.

Retire os mexilhões do tacho, reserve alguns dentro da concha e elimine as conchas dos restantes. Coe o líquido que libertaram e reserve-o.

Quando a batata estiver macia, adicione os mexilhões e o seu caldo, deixe retomar fervura e junte o leite previamente amornado com as natas. Ferva suavemente durante cerca de 10 minutos, rectifique o sal e tempere com pimenta preta moída na altura.

Distribua a sopa pelos pratos de serviço, enfeite com os mexilhões reservados nas conchas e salpique com salsa acabada de picar.

Fonte: Vaqueiro.

Tiras de Frango com Espinafres

Ora mais uma receitinha que tenho de experimentar: Tiras de frango com espinafres; parece-me ser fácil, baratinha, saudável e rápida… Só dispenso os pickles de gengibre, porque detesto pickles!

Ingredientes:

Cooking World - Tiras de Frango com Espinafres500 g de bifes de frango
1 colher de sopa de amido de milho
raiz de gengibre
2 colheres de sopa de vinagre de arroz
2 colheres de sopa de molho de soja
1 colher de sopa de molho inglês
1 colher de sobremesa de açúcar
50 g de Vaqueiro Líquida
Sal
150 g de espinafres em folha
Sementes de sésamo
Pickles de gengibre

Preparação:

Corte os bifes de frango em tiras e introduza-as num saco de plástico. Adicione o amido de milho, aperte a boca do saco e sacuda-o bem.

Pele um pedaço com cerca de 3 cm de raiz de gengibre, rale-o e esprema o suco. Misture o suco de gengibre com o vinagre de arroz, o molho inglês e o açúcar. Tempere com um pouco de sal.

Aqueça a Vaqueiro Líquida numa frigideira larga antiaderente, junte o frango e salteie sobre lume moderado, mexendo até alourar.  Regue com a mistura preparada, reduza o lume e deixe cozinhar durante mais 2 a 3 minutos. Adicione os espinafres, mexa e assim que estiverem moles, retire do lume e salpique com sementes de sésamo. Sirva com pickles de gengibre e (acrescento eu) arroz branco.

Fonte: Vaqueiro.

Pão Doce com Coco

Já estou a salivar por este pão doce com cobertura de coco; acabei de descobrir esta receita e não sei se me aguento o tempo suficiente para editar este post sem me atirar para a cozinha e ir experimentar este belo pão (para quem não sabe, sou doida por coco; e se me querem ver mesmo feliz, é darem-me um pão de deus com manteiga… Mas também me podem dar um coco inteiro, ralado, seja lá como for, que marcha tudo – estão a ver o género, certo?); mas vou fazer o esforço! Vamos lá:

Ingredientes:

Cooking World - Pão Doce com Coco250 g de leite
2 ovos
75 g de Vaqueiro Líquida
1250 g de açúcar
3 g de sal grosso
425 g de farinha
75 g de Maizena
5 g de levedura de padeiro desidratada

Para a cobertura:
30 g de coco ralado
50 g de açúcar
50 ml de natas

Preparação:

Coloque todos os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão pela ordem indicada. Encaixe a cuba na máquina, seleccione o programa 6 (pão doce) e ligue a máquina.

Misture o coco ralado com o açúcar e as natas e 20 minutos antes de terminar o tempo de cozedura espalhe esta mistura sobre a superfície do pão.

Corte em fatias e sirva com fatias de fiambre, fatias de queijo fresco ou flamengo, ou barradas com manteiga, com compota, etc.

Fonte: Vaqueiro.

Caponata

O termo Caponata deixou-me curiosa, porque nunca o tinha ouvido; fui investigar e trata-se no fundo, de uma salada à base de beringela frita e aipo, de origem siciliana. Existem diversas variações e hoje trago uma que leva pinhões.

Ingredientes:

Cooking World - Caponata2 a 3 beringelas pequenas
sal
2 cebolas
1 talo de aipo
500 g de  tomate tipo chucha
50 g de Vaqueiro Gourmet
100 g de azeitonas verdes descaroçadas
1 colher de sobremesa de alcaparras
manjericão fresco
1 colher de chá de açúcar
4 colheres de sopa de vinagre
30 g de pinhões

Preparação:

Lave as beringelas, corte-as em pedaços e salpique com sal grosso.

Descasque e corte as cebolas em rodelas.

Escalde o tomate com água a ferver. Tire-lhes a pele e as grainhas e corte em pedaços.

Lave o talo de aipo e corte-o em fatias finas.

Derreta a Vaqueiro Gourmet numa frigideira larga.

Passe as beringelas por água corrente escorra e enxugue em papel de cozinha.

Deite na frigideira e deixe saltear durante cerca de 5 minutos, mexendo. Adicione a cebola, o aipo, o tomate e as azeitonas. Deixe cozinhar sobre lume moderado mais alguns minutos até o aipo estar macio.

Retire do lume, salpique com as alcaparras e perfume com manjericão. Dissolva o açúcar no vinagre e deite sobre a salada.

Deite no recipiente onde vai servir e salpique com os pinhões, previamente tostados.

Fonte Vaqueiro.

Croquetes de Grão e Alheira

Que tal uns croquetes de grão e alheira para surpreender os amigos na próximo convívio? Dão um óptimo aperitivo ou entrada! E se quiser transformá-los em prato principal, sirva acompanhados de uma salada e arroz de cenoura, por exemplo.

Ingredientes:

Cooking World - Croquetes de Grão e Alheira1 cebola
50 g de Vaqueiro Gourmet
1 alheira
400 g de grão cozido
Farinha
2 colheres de sopa de salsa picada
Sal
Pimenta de moinho
1 ovo
Pão ralado
Óleo Vaqueiro

Preparação:

Descasque e pique a cebola.

Derreta a Vaqueiro Gourmet num tacho, junte-lhe a cebola picada e deixe alourar.

Tire a pele à alheira e junte-a á cebola picada. Deixe cozinhar durante cerca de 5 minutos enquanto vai desfazendo a alheira com a ajuda de uma colher de pau.

Deite o grão cozido e a alheira num robô de cozinha e triture até obter uma pasta. Adicione a 1 a 2 colheres de sopa de farinha e a salsa picada. Tempere com sal e pimenta moída na altura e misture bem.

Molde o preparado em bolinhas e depois dê-lhes a forma de croquetes. Se a massa estiver demasiado mole deite-a de novo no tacho e leve a secar ao lume, mexendo sempre.

Passe os croquetes por farinha, ovo batido e pão ralado.

Frite em óleo Vaqueiro quente e escorra sobre papel absorvente.

Fonte: Vaqueiro.