Frango com Molho de Cebola e Mostarda com Mel

Este frango surgiu num dia em que a vontade de cozinhar não era muita mas, por outro lado, me apetecia experimentar mais um dos temperos Paladin. Tinha um frango em pedaços no frigorífico, a precisar de ser cozinhado; um pacote de sopa de cebola na despensa. Pus mãos à obra a partir destes dois ingredientes e saiu isto:

???????????????????????????????

Ingredientes:

1 frango em pedaços

1 pacote de sopa de cebola

2dl de cerveja

5 c. sopa de Mostarda com Mel Paladin

Preparação:

Numa tigela, misture bem a sopa de cebola com a mostarda com mel.

Barre os pedaços de frango com esta mistura e disponha-os num tacho grande (para os pedaços não ficarem sobrepostos); regue com a cerveja e leve a lume médio/baixo durante 40 a 45 minutos, ou até que o frango esteja cozinhado. Se necessário, acrescente um pouco mais de cerveja.

Fácil, simples, rápido e muuuuito saboroso! Eu servi com batatas fritas em palitos e salada de alface temperada com um pouco de sal, azeite e vinagre de fruta com polpa de maracujá, também da Paladin. Entretanto já repeti a receita a pedido da família e outras vezes se seguirão, certamente! 🙂

Anúncios

Costeletas com Molho de Laranja

Nota Cooking: Contribuição do blog 7 Gramas de Ternura! Original aqui. 🙂

Nos dias em que temos menos tempo, em que estamos mais cansados e a hora do jantar se aproxima… fazem-se refeições rápidas.
Estas costeletas apesar de terem sido preparadas em menos de nada, compensaram no sabor e no aspecto ao colocá-las no prato.
Deliciosas e aromáticas, foram o centro das atenções!

Aqui está a receita conforme a fiz, adaptada de Saberes & Sabores Vaqueiro:

Cooking World - Costeletas com Molho de Laranja

Ingredientes:

6 costeletas de porco finas
3 laranjas
1 dente de alho socado
1 colher de sopa de folhas de tomilho fresco
1 c. sopa de açúcar amarelo
1 c. sopa de vinagre branco
1 c. sobremesa de maizena
sal e azeite q.b.
pimenta de moinho q.b.

Preparação:

Comece por temperar as costeletas com sal, pimenta de moinho e o sumo de 1 laranja. Deixe ficar assim, cerca de 15 minutos.

Numa frigideira, coloque um fio de azeite com o dente de alho socado. Junte as costeletas e deixe alourar até ficarem douradinhas. Retire as costeletas para o prato de servir e tape. No  tacho coloque o molho da marinada, o sumo das duas laranjas, o açúcar, o vinagre e a maizena. Mexa bem para dissolver a farinha, junte o tomilho e deixe ferver. Regue as costeletas e sirva de imediato. Acompanhe a seu gosto.

E Bom Apetite!

(Imagem cedida pela autora) Maria José Machado – 7 Gramas de Ternura.

Tarte de Emmental, Atum, Milho e Espinafres

Nota Cooking: Contribuição do blog Bem Bons… Original aqui! 🙂

Há dias e dias…

Há dias em que almoço o resto do jantar do dia anterior..

Há dias em que como o que é mais rápido…

E há dias em que me mimo e faço o almoço só para mim ( mas que sobra para o jantar…)

Há dias e dias…

Cooking World - Tarte de Emmental, Atum, Milho e Espinafres

Ingredientes:

1 base de massa quebrada

100 gr de milho

200 gr de espinafres frescos

100 gr de queijo Emmental

2 latas de atum em óleo vegetal

2 pacotes de natas light

4 ovos

Sal q.b

Pimenta Preta q.b

Preparação:

Pré aquecer o forno a 180ºc.

Colocar a base de massa quebrada numa tarteira, aparar os rebordos e picar o fundo com um garfo.

Colocar na tarteira uma cama de espinafres, seguida do milho, do queijo cortado em quadrados e do atum desfiado (sem óleo).

Bater as natas e os ovos num recipiente e temperar a gosto.

Deitar por cima do recheio da tarte e levar ao forno por 30 minutos até que a tarte esteja dourada e o centro firme.

Bem bom…

(Imagem cedida pela autora) Ana Rita M – Bem Bons…

Cookies com Pepitas de Chocolate

Nota cooking: Contribuição do blog O Gosto pela Cozinha! Original aqui.

Ingredientes:???????????????????????????????????????

1 ovo
125 gr de margarina
150 gr de açúcar
280 gr de farinha
1 colher de sopa de chocolate em pó
1 colher de chá de fermento em pó
70 gr de pepitas de chocolate

Preparação:

Bater o ovo com o açúcar e a margarina, juntar a farinha o chocolate em pó e o fermento, misturar tudo muito bem, por fim juntar as pepitas e envolver bem por toda a massa.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal, fazer bolinhas do tamanho de uma noz, colocar no tabuleiro e espalmar com o fundo de uma caneca.
Levar ao forno 10 a 15  minutos a 180º.

(Imagem cedida pela autora) Élia Magro – O Gosto pela Cozinha

Tarte de Cogumelos

Nota Cooking: Contribuição do blog Na Cozinha da Leonor! Original aqui. 🙂

Cooking World - Tarte de CogumelosIngredientes:

230g de massa quebrada
300g de cogumelos
1 Colher das de sopa de azeite
2 Ovos
1 Iogurte natural
200ml de natas
200g de queijo ralado

Preparação:

Lavam-se e cortam-se os cogumelos, unta-se uma frigideira com azeite e salteiam-se os cogumelos.

Numa tigela coloca-se o iogurte, os ovos e as natas, bate-se tudo até ficar bem
misturado.

Estende-se a massa quebrada e cobre-se o fundo da tarteira, coloca-se os cogumelos, o preparado anterior e por cima de tudo o queijo ralado.

Leve ao forno até o queijo gratinar, sirva e bom apetite!

(Imagem cedida pela autora) Leonor Cerveira – Na Cozinha da Leonor.

Sopa de Couve Penca

Nota Cooking: Contribuição do blog A Cozinha da Kinhas! Original aqui. 🙂

Quando vou a Portugal a minha mãe gosta de me mimar (leia-se colocar na mala) com pequenos miminhos. Desta feita foi uma bela couve penca para eu fazer uma sopa.

Saiu então, estes dias este petisco que sabe bem nestes dias de frio que por cá vão…

Cooking World - Sopa de Couve PencaIngredientes: (a olho)

Batatas

Cenoura

Cebola

Sal q.b.

Azeite q.b.

Couve penca

1 lata de feijão branco cozido

Preparação:

Numa panela coloque água e junte as batatas e a cenoura descascadas e cortadas em cubos (para cozer mais depressa). Junte também a cebola cortada em 4 partes.

Leve a cozer em lume médio e quando estiver cozido, rale com a varinha mágica.

Adicione então a couve cortada em pedacinhos e junte o conteúdo da lata do feijãos e tempere com sal e regue com um fio de azeite.

Deixe cozer a couve e sirva de imediato.

Bom apetite!

(Imagem cedida pela autora) Catarina Sá – A Cozinha da Kinhas.

Folhados de Atum e Cogumelos

Nota Cooking: A primeira contribuição do blog A Cozinha da Kinhas! Original aqui. 🙂

Algumas vezes a minha marmita é o resultado da minha preguiça, ou seja, faço uns folhados e levo um iogurte e fruta e fico almoçada.

Estes que hoje trago são o resultado disso mesmo, foram feitos num dia em que a vontade de cozinhar estava arrumada a um canto mas como tinha de almoçar no dia seguinte, em 15 minutos estava a marmita pronta.

Cooking World - Folhados de Atum e CogumelosIngredientes:

1 rolo de massa folhada estendida de compra
1 lata de atum
1/2 lata de cogumelos laminados
1 ovo batido para pincelar

Preparação:

Estenda a massa folhada num tabuleiro e pique-a com um garfo.

Corte em 8 triângulos idênticos e em cada um coloque um pouco de atum
previamente escorrido e esmagado com um garfo e um pouco de cogumelos.

Enrole de fora para dentro, feche as pontas e pincele com o ovo.

Leve ao forno a 220º cerca de 15 minutos ou até dourarem.

Bom apetite!

(Imagem cedida pela autora) Catarina Sá – A Cozinha da Kinhas.

Grão com Atum no Forno

Nota Cooking: A primeira contribuição do blog Tertúlia da Susy! Original aqui. 🙂

Há muito tempo que olhava para o meu caderninho de receitas e dizia para mim:

“Tenho que fazer isto, deve ser delicioso!!!”

Mas, fechava o caderninho e voltava a esquecer-me… Ontem, voltei a abrir o caderninho e decidi é hoje. Dito e feito 🙂

Ficou mesmo uma delícia, irei repetir.

Cooking World - Grao com Atum no FornoIngredientes:

1 cebola

3 dentes de alho

1 tomate

Azeite

1 lata de grão

2 latas de atum escorrido

Queijo mozarela ralado

Azeitonas pretas descaroçadas para decorar

Preparação:

Fazer um refogado com a cebola, os dentes de alho e o tomate, com um fio de azeite.

Adicionar o atum (depois de escorrido) e o grão. Deixar cozinhar por 5
minutos.

Deitar o preparado num pirex e cobrir com queijo mozarela ralado e azeitonas pretas. Levar ao forno a gratinar, pelo tempo necessário.

E, para além disso, esta é uma receita super económica, com um valor unitário médio de 2,50€.

(Imagem cedida pela autora) Susy M – Tertúlia da Susy.

O Melhor Livro de Culinária do Mundo… Pelo Menos Para Nós!

Cooking World - o melhor livro de culinariaO melhor livro de culinária do mundo… pelo menos para nós!, da editora Verso da Kapa e com autoria de Alexandra Sousa e Margarida Pinto Correia parece-me merecedor de destaque; sou sincera – ainda não o vi, por isso não tenho  uma opinião concreta, mas o simples facto de parte da receita reverter para a Fundação do Gil é razão suficiente para me pôr à procura dele nos próximos dias e, muito provavelmente, adquiri-lo!

Além disso, a sinopse despertou-me a curiosidade: “Dias normais são dias em que qualquer coisa pode acontecer. Há horas de acordar que roubaram sono, horas de trânsito que roubaram qualidade de vida, horas de chegar à escola para ver os nossos filhos com cheiro a raposa e de olhos brilhantes… Por isso é que cumprir com as refeições tem de ser uma festa, mesmo que seja de cinco minutos.

Aqui ficam as manobras que inventámos para poder comer com boa disposição e com companhia. Dividimo-las em Fazer um vistaço, Isto não é o que parece, Marmitar e Reaproveitar e Crianças e companhia. Para que os dias deixem um rasto com cheiro cor e sabor. E para que à nossa volta haja sempre quem queira voltar, e tempo para partilhar!

Fonte: Wook.

Geleia de Pêssego com Baunilha

Nota Cooking: A primeira contribuição do blog Bem Bons e da sua autora, Ana Rita! 🙂

Com o friozinho que se faz sentir, nada melhor que uma chavena de chá de Camomila (ou outro a gosto!), com um bolinho. Mas e quando não há bolinho e apetece algo doce a acompanhar?

Uma torradinha com doce faz o jeito…

Cooking World - Geleia de Pessego e BaunilhaIngredientes:

6 pêssegos (cerca de 1,200 kg)

2 colheres sopa água

500 gr de açúcar gelificante*

vagem de baunilha

Preparação:

Lavam-se os pêssegos e pelam-se (escaldando-os em água quente por 15 segundos).

Cortam-se em pedaços e colocam-se num tacho com 2 colheres sopa de água e com a vagem.

Levar ao lume até a fruta estar meia desfeita. Nessa altura, adicionar o açúcar e mexer. Deixar ferver 3 minutos apenas e retirar do lume.

Colocar em frascos esterilizados , tapar e voltar ao contrário para criar vácuo.

*O açúcar gelificante é um açúcar que tem um elevado teor de pectinas, o que dá a tal capacidade de gelificar. Consegui encontrá-lo nos Supermercados Aldi, mas poderão encomendá-lo através daqui.

Bem Bom…

(Imagem cedida pela autora) Ana Rita – Bem Bons…

Atum com Couve Lombarda à Brás

Tal como já referi antes, eu A-DO-RO couve lombarda; aqui há dias, sem tempo para preparar um jantar mais elaborado, recorri a uma das refeições mais simples, rápidas e saborosas que conheço – Atum à Brás; mas apeteceu-me inovar e adicionei também a bela da couve lombarda. Só vos digo que é para repetir, toda a família adorou! Fiz assim:

Ingredientes:

Cooking World - Atum  e couve lombarda a Bras6 ovos

2 latas de atum ao natural

200g de couve lombarda cozida e cortada em juliana

150g de batata frita palha

1 cebola pequena picada

2 dentes de alho laminados

2 c. sopa de azeite

Salsa q.b.

Sal q.b.

Pimenta q.b.

Preparação:

Numa frigideira grande, aquecer o azeite juntamente com a cebola e os alhos, sem deixar queimar. Adicionar a couve lombarda escorrida e o atum e deixar cozinhar por alguns minutos, mexendo de vez em quando, juntar as batatas fritas e aguardar que as mesmas amoleçam um pouco, revirando a mistura.

Bater os ovos temperados de sal e pimenta com um garfo, juntá-los ao preparado anterior, envolver bem e deixar secar, mexendo; quase no final, adicionar a salsa picada.

Servir simples, com uma salada, acompanhado de batata palha ou de couve lombarda salteada, por exemplo.

Nota: Como eu tenho sempre couve lombarda congelada, retirei-a da arca e pu-la na frigideira assim mesmo, deixando-a descongelar conforme cozinhava.

Araruta com Ricotta, Doce e Nozes

Outra receitinha muito simples mas vistosa para uma entrada ou lanche – Araruta com doce, ricotta e nozes; também já a experimentei, mas desta vez substitui as nozes por amendoins, já que a filhota não gosta de nozes… É ainda uma receita perfeita para ser feita em conjunto com os nossos filhotes (desde que eles não comam tudo enquanto ajudam :D) ou até mesmo para ser integralmente preparada por eles!

Cooking World - Ararauta com RicottaIngredientes:

12 ararutas DanCake
1 ricotta
Doce de cenoura ou abóbora q.b.
2 c. sopa de nozes picadas

Preparação:

Barre as ararutas com o queijo ricotta, disponha por cima um pouco de doce e polvilhe com nozes picadas.

Fonte: DanCake.

Bôla Hiper Rápida!

Aqui há dias estava sem inspiração (leia-se paciência) para cozinhar; à falta de inspiração, resolvi pôr-me a navegar pela internet e, quando dei por ela, o tempo tinha passado! Era urgente uma receita simples, rápida e que alimentasse toda a família. E saiu uma bôla… Palavra que achei que não ía ficar nada de jeito, mas a realidade é que todos aprovaram, repetiram e ainda sugeriram que fizesse mais vezes! No total, desde que entrei na cozinha até que nos sentámos a comer, foram menos de 40 minutos 🙂

Cooking World - Bola Hiper RapidaIngredientes:

4 ovos

250g de farinha

1, 5 dl de óleo

2 dl de leite

1 c. de sopa (bem cheia) de fermento

queijo em pedaços q.b.

sal q.b.

O que quisermos para rechear (salsichas, chouriço, fiambre, salpicão, bacon, presunto, carne picada, etc.)

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 200ºC.

Com a batedeira, misturar muito bem os ovos, o óleo e o sal; adicionar o leite, depois a farinha e em seguida o fermento.

Com uma colher de pau, misturar e envolver muito bem na massa os ingredientes do recheio cortados em cubos ou rodelas e o queijo em pedaços.

Colocar o preparado numa forma sem buraco bem untada e polvilhada com farinha e levar ao forno entre 20 a 30 minutos, consoante goste da massa mais ou menos cozida.

Nota: Eu usei 6 fatias de queijo em pedaços, uma lata de salsichas e um chouriço, mas já estão na calha outras combinações de ingredientes para o recheio :).

Bom apetite!

Lombinhos de porco com Ginjinha

Epá, vou ter que experimentar esta receita de lombinhos de porco com ginjinha! Eu raramente consumo bebidas alcoólicas (até porque fico logo, mas mesmo logo, a cantar o fado… A excepção é mesmo a ginjinha e eventualmente uma taça de espumante), por isso… logo se verá qual é o resultado! Cá vai:

Cooking World - Lombinhos de Porco com GinjinhaIngredientes:

2 lombinhos de porco
sal
pimenta de moinho
40 g de Vaqueiro Ideal para Porco
3 a 4 pés de tomilho
0,5 dl de ginginha
1 colher de chá de Maizena®
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico

Preparação:

Tempere os lombinhos de porco com sal e pimenta moída na altura.

Deite a Vaqueiro Ideal para Porco numa frigideira antiaderente, deixe aquecer, introduza os lombinhos e aloure-os de todos os lados. Reduza o lume, adicione os pés de tomilho e a ginginha. Tape e deixe ferver suavemente até a carne estar macia.

Retire a carne e junte ao molho a Maizena®, previamente dissolvida no vinagre balsâmico.

Sirva a carne cortada em fatias, regada com o molho.

Para acompanhamento, parece-me bem um arrozinho branco e uma salada!

Fonte: Vaqueiro.

Cozinhar sem Gastar

Cooking World - Cozinhar sem GastarHoje, o livro em destaque é o Cozinhar sem Gastar – o mesmo que vai ser oferecido ao vencedor(a) do primeiro Giveaway do Cooking World :).

Da autoria de Anabela Almeida e editado pela Casa das Letras, este livro é sem dúvida um must-have para quem cozinha diariamente e mais ainda se o orçamento familiar for apertado. São 136 páginas de receitas muito económicas, e ainda um sem número de ideias para reaproveitar o que sobra dessas mesmas refeições, transformando simples “sobras” em pratos magníficos. Sem dúvida um bom investimento para quem quer poupar na alimentação, mas manter a qualidade à mesa!

Diz a sinopse: “Para comer bem não é preciso gastar muito! «O barato sai caro» neste livro não se aplica e comprova-se que é possível fazer receitas até 1€ por pessoa.   Também ensina a aproveitar o que sobrou de véspera para preparar uma nova receita sem custos adicionais.   Este livro vai contribuir, e muito, para uma melhoria do seu orçamento familiar. Experimente e comprove!“.

Fonte: Casa das Letras.