Rectângulos de Frango, Fiambre e Queijo em Massa Filo

Mais um restinho de frango para aproveitar, algumas folhas de massa filo a precisarem de ser aproveitadas e… Saíram uns folhadinhos! Ideais para um lanche, um piquenique, uma refeição ligeira, para levar na marmita, etc.

???????????????????????????????

Ingredientes:

Folhas de massa filo q.b.

Frango assado q.b.

Fiambre de peru q.b.

Fatias de queijo q.b.

Molho de Coentros e Alho Paladin q.b.

Preparação:

Desfie o frango e parta grosseiramente as fatias de queijo e de fiambre. Envolva tudo com a ajuda do molho de coentros e alho.

Corte as folhas de massa filo no tamanho que desejar (eu parti cada folha em três rectângulos). Sobreponha 2 pedaços de massa, coloque um pouco da mistura no centro e enrole (pode pincelar as folhas com um pouco de azeite ou manteiga derretida, eu não o fiz).

Leve ao forno cerca de 12 minutos ou até a massa estar cozida e douradinha.

Cá por Casa Faz-se Assim: Mini Pastelinhos de Bacalhau e Grão

Por vezes as despesas inesperadas condicionam um pouco aquilo que compramos no supermercado… Por outro lado, sabe sempre bem ter uns salgaditos praticamente prontos a consumir! E em época de (suposto) calor, os mesmos dão imenso jeito para levar para a praia, para um picnic, enfim, para qualquer lado, certo? E também são ideais como entradas, aperitivos, snacks… Digamos que versatilidade não lhes falta!

Pois esta é a minha versão de pastelinhos de bacalhau… com grão! Económicos, simples e saudáveis, até porque assam no forno em vez de serem fritos. E também podem servir como refeição principal, acompanhados de um arrozinho e salada. Querem ver?

???????????????????????????????

Ingredientes:

250, de bacalhau cozido desfiado

500g de grão cozido (usei uma lata grande)

1 cebola picada

4 dentes de alho picados

1 ovo

2 c. sopa de azeite

2 c. sopa de polpa de tomate

1 c. sopa (bem cheia) de salsa picada

5 c. sopa de farinha integral

Pimenta q.b. (opcional, eu não pus)

Pão ralado q.b.

Preparação:

Picar o bacalhau e o gão na picadora até formar uma pasta.

Numa taça grande, colocar todos os ingredientes menos o pão ralado e misturar bem, de preferência com as mãos, até que se forme uma massa homogénea.

Com a ajuda de duas colheres de sobremesa, moldar os pastelinhos e passá-los por pão ralado.

Se pretender congelar os pastelinhos, dispô-los num recipiente adequado e colocá-los no congelador.

Para consumir de imediato, forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal, dispor nele os pastelinhos e levar ao forno, pré-aquecido a 200ºC, cerca de 20 minutos, virando-os a meio do tempo.

Por aqui, estas quantidades renderam 64 mini pastelinhos. 🙂

Tarte de Pescada com Espinafres

Nota Cooking: Contribuição do blog Cozinha da Duxa! Original aqui.

A marca Parmalat acaba de lançar no mercado um novo produto; as Natas com Ervas Aromáticas. Compostas por uma mistura de ervas aromáticas à base de cebolinho, orégãos, alho e coentros.

Uma alternativa prática e funcional para enriquecer o paladar dos nossos cozinhados.

Nesta tarte as natas para culinária normais, foram trocadas pela novas Natas com Ervas Aromáticas da Parmalat.  O resultado superou as expectativas, muito bom portanto!

Ingredientes:cooking - tarte peixe
1 embalagem de massa quebrada
1 embalagem de natas  com ervas aromáticas Parmalat
4 ovos
3 postas de pescada cozidas livres de peles e espinhas
folhas de espinafres cozidas e escorridas
1 cebola picada
1 fio de azeite
2 colheres de sopa de queijo mozzarella ralado
sal q.b.
pimenta q.b

Preparação:

Ligue o forno nos 200ºC.

Leve um tacho ao lume com um fio de azeite e a cebola, deixe alourar e adicione a pescada já cozinha e desfiada com os espinafres bem escorridos, tempere de sal e pimenta, envolva , deixe tomar gosto uns minutos. Desligue o lume e reserve.

Desenrole a massa quebrada para cima de uma tarteira, aproveitando o papel que a envolve.

Pique o fundo da tarte com um garfo, disponha do preparado do peixe com os espinafres.

Numa tigela bata os ovos com as natas, tempere com um pouco de sal e pimenta.

Verta esta mistura por cima do peixe, polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno por 35 minutos, ou até que fique com um tom dourado.

Acompanhe com boa salada verde.

Este post conta com o apoio da marca Parmalat.

(Imagem cedida pela autora) Dulce Caldeira – Cozinha da Duxa.

Cacetinho Integral Saboroso

Nota Cooking: Contribuição do blog Histórias e Aromas! Original aqui.

Bom dia!!

Que tal vão com este sol radiante??

Já tinha saudades deste tempo! Até as tarefas quer do trabalho quer de casa se fazem com mais prazer 😉

Hoje deixo aqui uma sugestão que me ajudou a dar fim a uma refeição que tinha feito anteriormente.

Sirvam-se.

Ingredientes:cooking - Cacetinho

1 Bife de Peru (Sobra)
Cogumelos q.b
1 Folha de Alface
2 Tomates Cherry
Maionese Calvé q.b
1 Cacetinho Integral

Preparação:

Abre-se o cacetinho, coloca-se a proteína, os cogumelos (previamente salteados em alho e azeite), a folha de alface e os tomates cherry às rodelas; junta-se maionese a gosto e está pronta a ser devorada!

Ficou uma baguete super saborosa, o bife de peru foi cozinhado com creme 100% vegetal e umas gotinhas de molho inglês temperado com uma pitada de sal e alho em pó;

Estas sandes são ideais para dar a fim a restos de carne, como carne assada, carne panada, carne grelhada etc, só temos de dar asas à imaginação. E neste tempo sabem lindamente!

Esta maionese está aprovadíssima, gostei muito do seu sabor mas confesso que não sou adepta nem de maionese nem de ketchup. E mostarda só nas famosas bifanas de Vendas Novas 😀

(Imagem cedida pela autora) Cláudia Lameiras – Histórias e Aromas

Tarte de Requeijão

Nota Cooking: Contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. 🙂

Cooking World - Tarte de Requeijao

Ingredientes: MASSA:

  • 150 gr. de farinha de trigo
  • 100 gr. de farinha integral
  • 2 colheres de sopa de sementes de linhaça
  • 1 colher de chá de sal
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 ovo grande
  • 0,5 decilitros de vinagre (coloquei um pouco menos)

RECHEIO:

  • 300 gr. de alho francês cortado
  • 250 gr. de courgetes cortadas em bocadinhos pequenos (ou ervilhas)
  • 20 gr. de sultanas douradas
  • 30 gr. de miolo de noz
  • 200 gr. de requeijão
  • 4 a 5 pés de tomilho-limão
  • pimenta preta q.b.
  • 100 gr. de queijo mozzarela

Preparação: Ligue o forno a 200º C. Misture as farinhas com as sementes de linhaça e o sal. Adicione o azeite, o ovo e o vinagre de sidra e amasse todos os ingredientes. Estenda a massa com o rolo untado de farinha e coloque-a numa tarteira de 24 cm. de diâmetro, forrada com papel vegetal. Pique o fundo com um garfo e deixe repousar enquanto prepara o recheio. Lave e escorra o alho francês, corte-o em rodelas. Se escolher usar courgetes, corte-as em pedaços pequeninos. Leve o azeite a lume brando num tacho, com o alho francês e as courgetes (ou ervilhas), tempere com sal e deixe cozinhar até os legumes estarem macios. Retire do lume, junte as folhas de tomilho-limão, o requeijão (previamente desfeito em pedaços), as sultanas e as nozes grosseiramente picadas. Tempere com a pimenta e misture bem. Deite na tarteira, vire os bordos da massa sobre o recheio e coloque na prateleira mais baixa do forno. Passados 20 minutos, polvilhe com o queijo mozzarela ralado e leve novamente ao forno por mais 15/20 minutos. (Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

Tarte Economica

Nota Cooking: Contribuição do blog Histórias e Aromas! Original aqui

Fim de semana de excelente sol! Não me dediquei mesmo nada à cozinha!!!
Há quanto tempo não apanhava assim uns dias… Deu para tratar e bem da casa!!! Por isso, resolvi economizar no tempo que levava na cozinha.

A sugestão que trago hoje foi para acabar com restos de alimentos que havia no frigorífico.

Sirvam-se.

Cooking world - QuicheIngredientes:

– Fiambre (Resto)
– Queijo (Resto)
– Paiola (Resto)
– 1 Base de Massa Folhada
– 4 Ovos
– 1 Cálice de Leite de Soja
– Oregãos q.b.
– Sal q.b.

Preparação:

– Coloca-se a massa folhada na tarteira (forrada com papel vegetal) e pica-se o seu fundo;

– Coloca-se por camadas o queijo, o fiambre e o paiola;

– Numa tigela batem-se os ovos, junta-se o leite e uma pitada de sal;

– Deita-se para o interior da tarteira e polvilha-se com oregãos;

– Leva-se ao forno pré aquecido 180º até ficar tostadinha;

– Serve-se com uma saladinha de tomate;

Ficou uma refeição deliciosa e só comprei a massa folhada porque também já tinha os ovos para eliminar do frigorífico.

(Imagem cedida pela autora) Cláudia Lameiras – Histórias e Aromas.

Bôla Hiper Rápida!

Aqui há dias estava sem inspiração (leia-se paciência) para cozinhar; à falta de inspiração, resolvi pôr-me a navegar pela internet e, quando dei por ela, o tempo tinha passado! Era urgente uma receita simples, rápida e que alimentasse toda a família. E saiu uma bôla… Palavra que achei que não ía ficar nada de jeito, mas a realidade é que todos aprovaram, repetiram e ainda sugeriram que fizesse mais vezes! No total, desde que entrei na cozinha até que nos sentámos a comer, foram menos de 40 minutos 🙂

Cooking World - Bola Hiper RapidaIngredientes:

4 ovos

250g de farinha

1, 5 dl de óleo

2 dl de leite

1 c. de sopa (bem cheia) de fermento

queijo em pedaços q.b.

sal q.b.

O que quisermos para rechear (salsichas, chouriço, fiambre, salpicão, bacon, presunto, carne picada, etc.)

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 200ºC.

Com a batedeira, misturar muito bem os ovos, o óleo e o sal; adicionar o leite, depois a farinha e em seguida o fermento.

Com uma colher de pau, misturar e envolver muito bem na massa os ingredientes do recheio cortados em cubos ou rodelas e o queijo em pedaços.

Colocar o preparado numa forma sem buraco bem untada e polvilhada com farinha e levar ao forno entre 20 a 30 minutos, consoante goste da massa mais ou menos cozida.

Nota: Eu usei 6 fatias de queijo em pedaços, uma lata de salsichas e um chouriço, mas já estão na calha outras combinações de ingredientes para o recheio :).

Bom apetite!