Cooking World + Paladin

Já devem ter ouvido falar da marca Paladin, certo??? Pertencente à Mendes Gonçalves, esta marca de temperos 100% nacional foi recentemente certificada com o selo Portugal Sou Eu, notícia de que dei conta aqui. 🙂

Hoje, venho falar mais um bocadinho sobre a Mendes Gonçalves; porquê? Porque o Cooking World teve o privilégio de receber um generoso cabaz de saborosos produtos Paladin! E já que estes temperos, além de fazerem parte do meu dia a dia desde há anos, são mesmo muito bons e 100% nacionais, parece-me que se justifica dar-vos a conhecer um pouco melhor a empresa por trás deles. Vamos lá?

Mendes Gonçalves

Ora então, como já referi, a Paladin, tal como as marcas Peninsular e Creative, pertence à Mendes Gonçalves, uma empresa 100% portuguesa fundada em 1982 em pleno ribatejo, na simpática vila de Golegã, conhecida como  a “Capital do Cavalo”. A Mendes Gonçalves produz diversos temperos, propondo-se assim dar mais sabor às nossas vidas; destacam-se os vinagres e os molhos, todos eles excelentes! Além disso, distribui  produtos complementares para a área da restauração e representa algumas marcas exclusivas de produtos gourmet.

A Mendes Gonçalves é uma empresa familiar que, apesar do seu crescimento, continua a primar por manter uma relação de proximidade tanto com os seus clientes e parceiros, como por cultivar essa mesma proximidade e informalidade junto dos seus colaboradores, que já são mais de 100. 🙂

Gosto de PortugalEm termos de aquisição de matérias-primas, a Mendes Gonçalves dá preferência aos produtos provenientes da zona, seguidos da região e país. Só depois são procuradas matérias-primas fora de Portugal. O figo é um bom exemplo, já que a m|g acolhe grande parte da produção de figo da zona de Torres Novas para produção de vinagre. Por forma a reforçar este valor, a Mendes Gonçalves criou o movimento de valorização do que é português “Gosto de Portugal”. A aposta nas exportações é mais um factor de reforço desta “portugalidade”, já que a empresa se propõe, por exemplo, a valorizar o vinagre nos 5 continentes.

Contando já com várias certificações de qualidade, a Mendes Gonçalves tem como base o rigor de todas as operações, de forma a garantir um elevado nível de qualidade dos seus produtos, cuja exigência só é conseguida graças ao profissionalismo da sua equipa.

Certificado FDAApostando numa estratégia de diferenciação, a Mendes Gonçalves tem um claro enfoque na inovação e em políticas de investigação e desenvolvimento de novos produtos. E é graças à inovação que a empresa tem sido distinguida em vários concursos nacionais e internacionais, nomeadamente na Innoval Lisboa, Gulfood Dubai e SIAL Canadá no qual ficou entre os 10 finalistas (a única empresa não canadiana) no concurso Trends & Innovations. E como se a distinção nos concursos não bastasse, a Mendes Gonçalves tem obtido também diversas certificações internacionais, de que é exemplo o certificado pela FDA (U.S. Food and Drug Administration).

Por todas estas razões e mais algumas, parece-me que é caso para dizer Parabéns (e obrigada) Mendes Gonçalves! E já agora, cliquem nos links e fiquem a conhecer ainda melhor a empresa, não custa nada. 🙂

Finalizo deixando-vos uma foto dos produtos recebidos, dos quais falarei muito em breve por aqui:

IMG_0608

Fonte: Mendes Gonçalves.

Paladin É Portugal!

Já ouviram falar do programa Portugal Sou Eu?

O “Portugal Sou Eu” é uma iniciativa do estado português que tem como objectivo promover e destacar os produtos portugueses em relação aos que são importados, mensagem esta que é partilhada por Carlos Gonçalves, o administrador da Mendes Gonçalves.

Ora a Mendes Gonçalves é a responsável pela marca Paladin… Que se tornou na primeira marca de temperos a certificar os seus produtos com o selo PORTUGAL SOU EU, reforçando o seu novo posicionamento: “Temperos de Portugal”.

Cooking World - Paladin e Portugal

É caso para dizer: Parabéns Paladin e parabéns Mendes Gonçalves! (E eu que adoro os temperos deles…). 🙂

Fonte: MG

Para Poupar na Cozinha…

Como já devem ter percebido, eu gosto muito de dicas de poupança! Afinal, cozinhar e descobrir pratos novos é muito bom, mas é preciso ter em conta o orçamento, certo? Por isso, aqui ficam mais algumas dicas que permitirão poupar mais uns cêntimos na cozinha. 🙂

Molhos:

Fez um assado ou um estufado e sobrou-lhe molho no fundo da panela ou da assadeira?

Utilize-o, por exemplo, para aromatizar outras refeições, em substituição de caldos de carne, peixe ou legumes de compra.

Se não o utilizar de imediato, pode congelá-lo, colocando-o em cuvetes de gelo vazias ou pequenas caixas plásticas.

Pode também reantabilizar um poiuco mais estes molhos, adicionando-lhes um pouco de vinho ou cerveja.

Para evitar a presença de restos de ingredientes sólidos no molho, passe-o por um coador.

22072011290

Cascas de Abacaxi:

Não as deite fora! Pelo contrário, aproveite-as para fazer um belo sumo; como? Assim:

  • Lave muito bem a casca e corte-a em pedaços pequenos.
  • Leve as cascas ao lume num tacho com água e deixe ferver durante cerca de 20 minutos.
  • Deixe arrefecer e passe o sumo por um coador.
  • Guarde no frigorífico.

Se preferir, poderá juntar paus de canela, açúcar, adoçante… a seu gosto!

Nota: Eu utilizo estas duas dicas em minha casa há anos e, embora saiba que as retirei da internet, não consigo encontrar a respectiva fonte, pois na altura ainda era novata nestas andanças e não tomei nota… Se por acaso alguém as reconhecer como suas, agradeço que entre em contacto para que eu possa colocar a indicação!