Pão Doce Marmoreado

Nota Cooking: Contribuição do blog Sabores Leves! Original aqui.

Andava a algum tempo a imaginar um pão novo, quase todos os fins de semana faço o meu pão integral com sementes mas queria outro diferente.

Lembrei-me de um pão doce que a minha avó fazia quando eu era pequena e que eu tanto gostava, perguntei a minha mãe o que levava e ela disse-me os ingredientes embora as quantidades não soubesse uma vez que era colocado a “olho”.

Como a mente por vezes não pára na altura de começar a preparar o pão veio-me à ideia o bolo mármore, vá-se lá a saber porquê e lembrei-me de adaptar o pão.

Ficou super fofo, macio, doce o suficiente para se comer só por si, mas não o suficiente que não fique bem com manteiga ou até uma compota.

Ingredientes:cooking - pão doce marmore

Massa escura:

300 gr de farinha integral

125 gr de farinha de centeio

1 colher café de sal

125 gr de açúcar amarelo

150 gr de leite magro

80 gr de água

10 gr de azeite

1 ovo

25 gr de fermento padeiro fresco

2 colheres sopa de canela em pó

2 colheres de sopa de erva doce em pó

Massa clara:

480 gr de farinha de trigo

1 colher de café de sal

100 gr de açúcar amarelo

120 gr de leite magro

60 gr de água

10 gr de azeite

1 ovo

25 gr de fermento padeiro fresco

Raspa de 1 limão

Preparação:

Massa escura:

Coloque no copo o leite, a água, o azeite, o sal, o fermento e programe 2 min, 37º, vel 2

Adicione o açúcar, o ovo, a canela, a erva doce e misture 10 seg, vel 6.

Junte as farinhas e amasse 3 min, vel espiga.

Retire para uma taça funda polvilhe com um pouco de farinha e reserve em local morno durante 1 hora ou até a massa dobrar de volume.

Massa clara:

Coloque no copo o leite, a água, o azeite, o sal, o fermento e programe 2 min, 37º, vel 2

Adicione o açúcar, o ovo, a raspa de limão e misture 10 seg, vel 6.

Junte a farinha e amasse 3 min, vel espiga.

Retire para uma taça funda polvilhe com um pouco de farinha e reserve em local morno durante 1 hora ou até a massa dobrar de volume.

Numa superfície enfarinhada trabalhe um pouco as massas uma de cada vez com as mãos. A massa deve ficar seca, sem colar ás mãos.

Enrole as duas massas juntas e amasse-as ligeiramente para que fiquem com um aspecto marmoreado.

Divida a massa em 2 porções iguais e molde dois pães.

Coloque-os num tabuleiro enfarinhado e deixe descansar 30 min.

Leve a cozer ao forno a 180º durante 40 min.

Retire os pães do forno, tape-os com um pano por cima e deixe até arrefecer.

O Pão doce da minha avó ainda fica para uma outra oportunidade 😀

(Imagem cedida pela autora) Lena Santos – Sabores Leves.

Anúncios

Pão de Abóbora

Nota Cooking: Contribuição do blog Tertúlia da Susy! Original aqui. 🙂

Já andava há imenso tempo a olhar para esta receita e, no fim de semana decidi abrir a abóbora que a minha sogra me deu.

É um pão um pouco húmido mas, bastante saboroso que até parece um bolo. E… um dia não são dias, não é assim?
Cooking World - Pao de Abobora

Ingredientes:

30ml água

80ml leite

30ml óleo

2 chávenas abóbora cozida e reduzida a puré

4 chávenas de farinha de trigo

1 colher (chá) sal

2 colheres (sopa) açúcar

1 pacote de levedura liofilizada

Preparação:

Coloque todos os ingredientes na cuba da máquina, começando pelos ingredientes líquidos. Selecione o programa “Normal”.

Nota: Como eu não tenho a MFP comigo, fiz exatamente da mesma forma, mas bati com a batedeira e deixei levedar 1 hora. Depois levei ao forno a cozer.

(Imagem cedida pela autora) Susy M – Tertúlia da Susy.

Pão de Iogurte, Mel e Cardamomo

Nota Cooking: A primeira contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. 🙂

Este “bicharoco” revelou-se bem aromático e de forte personalidade ! 🙂

Impôs a sua presença na minha cozinha, tão logo o vi no livrinho de pães e matutou a minha cabeça até que, por fim, venceu a minha resistência e me convenceu a executá-lo…

Porque não ? Pensei…

Porque tem funcho e a “esquisitinha-mor”, Menina F., reclama…

Ok, vamos então tornear a questão e oferecer-lhe outro travo… quem sabe não gosta?

Então fiz umas substituições e eis que chega à “passerelle” este Pão de Iogurte, Mel e Cardamomo!

Cooking World - Pao de Iogurte, Mel e CardamomoIngredientes:

200 ml de água

150 ml de iogurte grego (usei kéfir com 72 horas de fermentação)

2 colheres de sopa de mel

30 gr. de manteiga sem sal amolecida

1/2 colher de chá de sal

1 colher de chá de cardamomo em pó, ou em sementes grosseiramente esmagadas

500 gr. de farinha de trigo T65

1 + 1/4 colher de chá de fermento biológico seco

Preparação na MFP (Máquina de Fazer Pão):

Tire a cuba da máquina (MFP), encaixe a pá misturadora e coloque os ingredientes segundo a ordem indicada acima.

Encaixe a cuba na máquina e feche a tampa.

Programe o tamanho do pão para 1 kg., escolha a cor da côdea e escolha o programa “Normal”.

Quando o programa terminar, tire a cuba da máquina com cuidado para não se queimar, solte o pão com uma espátula se for necessário e vire-a para que o pão se solte.

Coloque-o sobre uma rede de cozinha para que arrefeça.

Preparação tradicional:

Coloque a farinha, o sal e o açúcar numa tigela espaçosa.

Misture os ingredientes, abra um buraco no meio e deite um pouco de água, o iogurte (ou kéfir), o mel, a manteiga derretida e o fermento.

Mexa com uma colher de pau ou com a sua mão.

Misture a farinha de fora para dentro até conseguir uma massa pegajosa.

Vá juntando o resto da água e continue sempre a mexer.

Amasse até a massa ter uma consistência elástica, vá enrolando, dobrando e puxando a massa.

Polvilhe a superfície da massa com farinha, tape-a com um pano limpo ou com um saco de plástico (ou película aderente), coloque-a dentro do microondas e deixe-a levedar.

Quando tiver crescido, tenda-a ou coloque-a numa forma a seu gosto e leve ao forno cerca de 25/30 minutos (este tempo é referencial, depende do forno de cada pessoa).

Fonte: “200 receitas de pão” de Joanna Farrow

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

234 Receitas para Robôs de Cozinha

Cooking World - 234 receitas para robos de cozinhaNão resisto a dar-vos a conhecer este livro! Eu sou uma das muitas seguidoras do blog As Receitas da Patanisca, cuja autora é também a autora deste livro :). Não tenho o livro, pura e simplesmente porque não tenho robôs de cozinha, mas a Patanisca cozinha como ninguém, por isso tenho a certeza que este deve ser pequeno “grande” tesouro para quem utiliza robôs!

A sinopse: “As 234 receitas incluídas neste livro foram todas testadas para poderem ser confecionadas em qualquer um dos robôs de cozinha existentes no mercado, independentemente da marca. Os robôs de cozinha são, de facto, uma preciosa ajuda permitindo que se façam com maior rapidez, menos esforço e de forma mais económica tanto as receitas tradicionais como também novos pratos que, de outra forma, não nos aventuraríamos a preparar. Assim, dividi o livro em 4 grandes temas que vão desde receitas básicas, a receitas antigas e de família, passando pelas receitas com especiarias inspiradas em viagens e, por último, receitas tradicionais revisitadas e adaptadas a um estilo de vida mais saudável.  Parte destas receitas foram extraídas do meu blogue que tem já, mais de 700 receitas e 700 mil visitas.  Experimente e vai ver que vai gostar! Sónia Pereira Autora do blogue “As receitas da Patanisca””.

Da editora Verso da Kapa.

Fonte: Verso da Kapa.