Peitos de frango com Leite de Côco e Lima

Nota Cooking: Contribuição do blog Limited Edition! Original aqui.

Andava de olho nesta receita há algum tempo, mas ora me faltavam as limas, ora acabava-se o peito de frango, ora não havia coentros disponíveis. A lata de leite de côco é que se manteve sempre no mesmo sítio na despensa à espera de ser utilizada. Aliás, foi a aproximação do fim do seu prazo de validade que me fez reunir há uns dias os ingredientes que faltavam mais rapidamente. Em boa hora o fiz! Deixei o peito de frango a marinar quase metade do dia para ganhar sabor. Lembro-me de ter ido ao ginásio e voltado a pensar no repasto que nos esperava. Sabem quando meia hora após terminado o exercício ficamos com apetite para comer este mundo e o outro? Certamente foi um factor que ajudou no sucesso que esta receita teve cá em casa. Porém, não posso responsabilizar as endorfinas nem o cansaço apenas por isso: o contraste de sabores é determinante. A riqueza e o calor do caril com o leite de côco contrastam na perfeição com o sumo de lima adicionado no fim da cozedura e os coentros frescos no topo dos peitos de frango. Acompanhem com arroz basmati e não me venham cá dizer que não gostaram senão obrigo-vos a fazer 10 flexões!!!

Ingredientes:cooking - leite de coco

(receita adaptada daqui)

2 peitos de frango do campo

azeite

raspa de uma lima

sumo de uma lima

1 colher de chá de cominhos em pó

2 colheres de sopa de molho de soja

2 colheres de sopa de açúcar amarelo

2 colheres de chá de pó de caril

1/2 cup de leite de côco em lata (misturar bem que o líquido é mais denso e encontra-se no fundo)

1 malagueta

coentros frescos

Preparação:

Começar por preparar a marinada adicionando todos os ingredientes excepto os coentros frescos e o sumo da lima. Deixar repousar os peitos de frango durante algumas horas no frigorífico envoltos nesta mistura. Aquecer um fio de azeite numa frigideira anti-aderente e dourar o frango, reservando 1/4 do molho. Quando a carne estiver cozinhada, baixar o lume e adicionar a restante marinada à frigideira. Apagar o lumo e refrescar com sumo de uma lima e coentros frescos (podem picá-los, mas eu prefiro deixá-los tal como vêem na imagem para os trincar!).

(Imagem cedida pela autora) Maria Teixeira – Limited Edition.

Anúncios

Arroz Doce Exótico

Cá por casa é tudo verdadeiramente doido por arroz doce; costumo fazer de vez em quando e sigo sempre uma receita de família que já vem dos tempos da minha avó e que não tem absolutamente nada de original. Mas às vezes tenho vontade de inovar, por isso andei a pesquisar e cheguei até esta receita de arroz doce exótico; pareceu-me bem, com papaia e leite de coco… É para experimentar em breve!

ICooking World - Arroz Doce Exóticongredientes:

100g de arroz carolino
1L de água
4dl de leite de coco
6 colheres de sopa de Sidul Light
1/2 colher de chá de sal
3 papaias
4 ramos de alecrim ou hortelã para decoração

Preparação:

Corte as papaias ao meio e retire as sementes.

Retire a casca a 2 metades de papaia e corte em tiras para decorar.

Coloque a água ao lume com o sal. Quando estiver a ferver junte o arroz e deixe cozer.

Quando o arroz estiver quase cozido escorra um pouco de água, de forma a deixar o arroz coberto. Junte o Sidul Light e o leite de coco. Deixe acabar de cozer.

Retire do lume. Com uma colher de sopa encha as metades de papaia.

Depois de frio decore com as fatias de papaia e com o alecrim ou com hortelã.

Fonte: Sidul.