Cá por Casa Faz-se Assim: Arroz Simples de Amêndoa

Este arroz não podia ser mais simples, mas fica tão saboroso!! Uma verdadeira delícia. 🙂

???????????????????????????????

Ingredientes:

1 chávena de arroz

2 chávenas de água

2 c. de sopa de miolo de amêndoa granulado

1 fio de azeite

sal q.b.

Preparação:

Aqueça a água até ferver.

De seguida, coloque um fio de azeite num tachinho; leve ao lume para aquecer e junte o miolo de amêndoa; deixe cozinhar um pouco, até que a amêndoa fique douradinha.

Adicione o arroz e envolva bem, deixando fritar cerca de 2 a 3 minutos; mexa de vez em quando. Adicione a água bem quente, tempere de sal e mexa novamente.

Deixe cozer o arroz cerca de 10 minutos. Depois de cozido, coloque num prato de servir e está pronto!

Anúncios

Arroz de Peixe e Camarão

Nota Cooking: Contribuição do blog Mais Um Sobre Culinária! Original aqui. 🙂

arrozmarisco

Ingredientes:

1 cebola
1 dente alho
azeite qb
polpa de tomate qb
pimenta qb
sal qb
arroz agulha Bom Sucesso
1 posta de peixe
250gr de camarão
água qb

Preparação:

Num tacho colocar a cebola picada, o alho picado, um pouco de azeite no fundo do tacho, a polpa de tomate, e tempero a gosto com sal e pimenta, deixar refogar um pouco e acrescentar a posta do peixe, se ainda estiver meia congelada, deixe um pouco com o lume baixo que vai libertando a agua e  só depois acrescente mais agua e deixe cozinhar o peixe, depois quando estiver praticamente cozida acrescente então o arroz Carolino Bom Sucesso, atenção não coloque pouca agua, o arroz fica melhor se ficar malandrinho.

(Imagem cedida pela autora) Hélia Roberto Silva – Mais um sobre Culinária.

Risotto de Cogumelos e Espargos com Pastéis de Bacalhau e Feijão Verde

Nota Cooking: Contribuição do blog O Barriguinhas! Original aqui. 🙂

Cooking World - Risotto de Cogumelos e Espargos com Pasteis de Bacalhau e Feijão Verde

Ingredientes para os pasteis:

200g de Farinha Espiga

3 Ovos

Pimenta Espiga

Salsa e Limão Espiga

Alho e Jindugo Espiga

Salsa fresca picada q.b.

1 Colher de sopa de vinho Branco

1 Cebola pequena picada

100g de bacalhau cozido (sem espinhas e sem pele). Pode utilizar restos de bacalhau de outra refeição.

50g de feijão verde cozido

Preparação dos pasteis:

Coza o feijão em pedaços pequenos e o bacalhau (caso use bacalhau cru), tempere de sal. Escorra e reserve.

Numa taça misture bem a farinha, os ovos, a salsa fresca picada, o vinho branco, uma pitada de Salsa e Limão Espiga e uma pitada de Alho e Jindungo Espiga. Junte a cebola muito bem picada e envolva o feijão verde e o bacalhau cozidos e bem escorridos de água.

Frite colheradas deste polme em óleo quente e coloque em cima de papel de cozinha para que absorva o excesso de óleo.

Ingredientes para o risotto:

250g de arroz para risotto

1 Frasco de espargos verdes

1 Cebola média

3 Colheres de sopa de azeite Espiga

1/2 Chouriço de carne

1 Lata de cogumelos inteiros

2 Colheres de sopa de vinho branco

Aneto Espiga

1 Vagem de Cardamomo Espiga

Preparação do risotto

Ferva 600ml de água.

Escorra os espargos e reserve o liquido.

Leve na wook ou num tacho a cebola bem picada a refogar juntamente com o azeite. Quando a cebola começar a ficar translúcida junte o chouriço em rodelas e deixe cozinhar cerca de 2 minutos. Junte os cogumelos, o vinho branco, o caldo dos espargos, o Aneto Espiga, o interior da Vagem de Cardamomo Espiga e deixe cozinhar mais 3 minutos. Junte o risotto e envolva deixando cozinhar mais 3 minutos. Junte a água a ferver, tempere de sal a gosto. Deixe cozinhar em lume brando até o risotto estar cozido – cerca de 30 minutos.

Sirva o risotto com os pastéis e delicie-se!

(Imagem cedida pela autora) Lúcia Fernandes – O Barriguinhas.

Cá por Casa Faz-se Assim: Descongelar Arroz

Por aqui, quando se faz arroz branco, faz-se em quantidade… E congela-se! Como o arroz aguenta até 3 meses no congelador, há sempre um arrozinho pronto a consumir naqueles dias em que falta a imaginação ou em que não apetece cozinhar. 🙂

Para o descongelar e garantir que fica tal e qual como se tivesse sido acabado de fazer, uso um truque… Querem saber qual é? Pois cá vai:

Cooking World - Descongelar arroz 2

1. Primeiro tiro a tampa da caixa plástica e salpico o arroz congelado com um pouco de água (uma a duas colheres de sopa).

2. Em seguida, humedeço uma folha de papel de cozinha e cubro a caixa com a mesma. Depois coloco no micro-ondas por 3 a 4 minutos (depende da quantidade do arroz, aqui em casa somos 4) a aquecer.

3. No fim do tempo, misturo o arroz e coloco novamente a aquecer mais 3 a 4 minutos (novamente coberto com a folha de papel de cozinha humedecida).

4. Espero dois a três minutos depois de aquecer, volto a mexer o arroz e sirvo!

Cooking World - Descongelar Arroz 3

Borrifando com água e cobrindo com o papel de cozinha humedecido, além de não secar ainda mais, o arroz recupera a sua humidade, ficando perfeito! Se quiserem podem adicionar um pouco de manteiga ao arroz antes de servir, mas por cá nem isso se faz! 🙂

Arroz de Tentáculos de Pota

Não é polvo, é pota, mas passa muito bem pelo primeiro, pelo menos para quem saliva por um belo arroz de polvo mas pretende uma refeição mais económica (como eu, portanto). Cá em casa é feito como a seguir se explica.

Ingredientes:

Cooking World - Arroz de Tentáculos de Pota1 emb de tentáculos de pota
1,5 chávenas de arroz
4,5 chávenas de água
2 cebolas
2 folhas de louro
1 lata pequena de tomate pelado
4 dentes de alho
2 c. sopa de azeite
sal
pimenta
salsa ou coentros

Preparação:

Cozer os tentáculos, ainda congelados, na panela de pressão durante 20 a 25 minutos, juntamente com uma cebola descascada, uma folha de louro e meio copo de água (não colocar sal).

Num tacho largo, colocar a outra cebola picada, os dentes de alho picados ou em lâminas, o tomate pelado partido em pedaços e o respectivo líquido da lata, a outra folha de louro, as duas colheres de azeite e deixar refogar durante 7 a 8 minutos, mexendo de vez em quando.

Entretanto, escorrer os tentáculos de pota, reservando o líquido que estiver na panela de pressão, e cortá-los em  rodelas. Colocar o líquido numa chávena e completar com água, até perfazer o triplo do volume do arroz (no meu caso, 4,5 chávenas de líquido + água para 1,5 chávenas de arroz), juntar ao refogado e deixar ferver. Quando ferver, juntar a pota em rodelas e o arroz, mexer e deixar levantar fervura; nesse momento, mexer novamente e deixar cozer o arroz cerca de 12 minutos em lume brando.

Temperar de sal e pimenta, juntar a salsa ou os coentros picados, apagar o lume, tapar e deixar descansar  alguns minutos antes de servir.

Arroz de Bacalhau com Pimento Vermelho e Hortelã

Nota Cooking: Contribuição do blog Tertúlia da Susy! Original aqui. 🙂

Este arroz de bacalhau foi feito com arroz agulha Bom Sucesso, que é um arroz de grão fino e
longo, vítreo e consistente, que fica solto e seco, como eu gosto.

Cooking World - Arroz de Bacalhau com Pimento Vermelho e Hortela

Ingredientes:

1 cebola

2 dentes de alho

1 tomate

1 colher (sopa) polpa de tomate

Sal q.b.

Piri-piri q.b.

1 fio de azeite

1 folha de louro

1 chávena de arroz agulha Bom Sucesso

1 chávena de bacalhau desfiado

2 + 1/2 chávena de água

3 tiras de pimento vermelho

Hortelã para decorar

Preparação:

Fazer um refogado com o azeite, a cebola picadinha, os dentes de alho picados finamente, a folha de louro, o tomate limpo de peles e sementes e a polpa de tomate.

Acrescentar um pouco de água e deixar cozer. Acrescentar o pimento, o arroz e o bacalhau. Deixar cozinhar.

Sirva e decore com hortelã.

(Imagem cedida pela autora) Susy M – Tertúlia da Susy.

Risotto de Camarão

Nota Cooking: Contribuição do blog Come, Bebe, Sorri e Ama! Original aqui. 🙂

Boa tarde!

Ainda venho a tempo de trazer a minha sugestão para o jantar?

Acabei por fazer este risotto diferente da forma habitual porque não podia estar sempre por perto, mas mesmo assim apetecia-me risotto.

Cooking World - Risotto de CamaraoIngredientes:

Azeite
Miolo de Camarão
1 chav. cafe Arroz para risotto mal cheia
1 Cebola
1 dente Alho
1 Malagueta Vermelha sem sementes
1 chav. chá Caldo de Marisco
Vinho branco
1 c.chá manteiga
1 c.sopa Queijo ralado
1 c.chá Molho Salsa e Limão

Preparação:

Num tachinho aquecer o azeite com o alho e a malagueta picados. Quando estiver bem quente alourar o miolo de camarão. Retirar e reservar.

Juntar a cebola e quando estiver transparente adicionar o arroz e mexer. Deixar fritar e quando estiver transparente juntar o vinho. Deixar a evaporar bem e juntar o caldo de marisco todo de uma vez. Mexer bem e deixar cozinhar 15 minutos com o lume no mínimo.

Passado o tempo juntar o camarão, mexer bem e deixar cozinhar mais um minuto. Envolver a manteiga até derretar e desligar o lume.

Adicionar o queijo ralado e o molho de salsa e limão. Envolver até o queijo estar derretido e servir de imediado.

Beijinhos!

(Imagem cedida pela autora) Rosário Mota – Come, Bebe, Sorri e Ama.

Risotto de Espargos com Pérolas do Mar

Nota Cooking: Contribuição do blog Emoção às colheradas. Original aqui! 🙂

Mesmo para quem tem prazer em cozinhar, sabe bem às vezes abrir uma embalagem de um produto já quase pronto e fazer uma refeição rápida, seja por falta de tempo, por preguiça ou ambos.

No entanto, não quer dizer que a refeição seja menos agradável, pelo menos no caso desta receita que trago, que saiu deliciosa e muito cremosa.

Cooking World - Risotto de Perolas do MarIngredientes:

250g de arroz arbório

1 cebola

1 dente de alho

azeite aromatizado

1 embalagem de pérolas do mar (lulas)

1 embalagem de espargos frescos (eu usei de conserva)

1 chávena de de vinho branco

1 cubo de caldo

3 chávenas de caldo

sal

pimenta

2 c. de sopa de manteiga

2 ou 3 c. de sopa de parmesão ralado

Preparação:

Arranje os espargos retirando a ponta inferior e leve-os a cozer num tacho água e o cubo de caldo. No fim de cozidos, corte as pontas aos pedaços e reserve as pontas de cima.

Num tachinho, deite a cebola e os alhos picados com um fio de azeite e deixe alourar.

Acrescente as pérolas do mar e deixe cozinhar uns minutos. Retire as pérolas do tacho e reserve-as.

Adicione o arroz, mexa e depois de 2 minutos regue com o vinho branco.

Retifique de sal e pimenta.

Deixe cozer o arroz sobre lume brando, mexendo regularmente, para que não se pegue ao fundo do tacho e para libertar o amido.

Deixe o vinho ser absorvido totalmente e só depois comece a juntar o caldo a ferver. Vá deitando concha a concha, conforme for absorvendo.

Quando o arroz estiver quase no ponto, adicione as pérolas e os espargos cortados.

Ao fim de cerca de 20 a 25 minutos deverá estar pronto… nessa altura adicione a manteiga e o queijo parmesão ralado.

Sirva imediatamente decorado com as pontas de espargos e salsa.

Nota: O risotto deve ficar bem cremoso, por isso o caldo deve ser adicionado a pouco e pouco, à medida que o arroz o for absorvendo.

Deliciem-se… e bom apetite!

(Imagem cedida pela autora) LiBelinha – Emoção às Colheradas.

Risotto de Beterraba com Leite de Coco

Nota Cooking: Contribuição do blog Receitas para a Felicidade! Original aqui. 🙂

Mais uma semana e mais uma deliciosa receita que vos trago, feita com o risotto Arroz do Mundo ORIENTE.

Cooking World - Risotto de Beterraba com Leite de CocoIngredientes:

300 g de arroz para risotto Novarroz

1 cebola

2 dentes de alho

1 dl de azeite

1 dl de vinho branco

2 beterrabas cozidas

Sumo de uma laranja

9 dl de caldo de legumes ou água

20 g de manteiga

10 g de queijo parmesão ralado

Sal q.b.

Leite de Coco q.b.

Preparação:

Triturar as beterrabas a que juntou um pouco de sumo de laranja, reserve. Num tacho com azeite, refogar a cebola e os dentes de alho picados. Acrescentar o arroz, mexer e depois refrescar com o vinho branco. Aos poucos vá agora adicionando o caldo de legumes e sempre sem mexer, apenas agitando o tacho. Depois do arroz estar cozido e cremoso, retirar do lume e adicionar aos poucos o puré de beterraba, a manteiga e o queijo ralado. Envolver delicadamente todos os ingredientes. Servir o arroz com um pouco de leite de coco.

(Imagem cedida pela autora) Mariana Teixeira – Receitas para a Felicidade!

Arroz de Polvo

Nota Cooking: A primeira contribuição do blog Na Cozinha da Leonor! Original aqui. 🙂

Cooking World - Arroz de PolvoIngredientes:

1,2 kg de polvo
1 Cebola picada
2 Dentes de alho picados
2 Folhas de louro
2 dl de azeite
400 g de arroz
1 Molho de coentros
2 Tomates pelados
1 Copo de vinho branco
Sal e pimenta q.b

Preparação:

Num tacho leve o polvo a cozer, depois de bem cozido corte em pedacinhos.

Num tacho faça o refogado com o azeite, a cebola, os alhos e as folhas de louro, deixe refogar um pouco e junte o tomate cortado em cubinhos e deixe refogar tudo.

Junte o arroz e deixe fritar um pouco, junte o vinho e a água de cozer o polvo, se for necessário tempere a água com sal e pimenta e deixe cozer 15 minutos.

Adicione o polvo, deixe ferver e junte os coentros picados. Tape, apague o lume e deixe estar assim dois minutos antes de servir.

Fonte – SaborIntenso (Neuza Costa)

(Imagem cedida pela autora) Leonor Cerveira – Na Cozinha da Leonor.

Festival do Arroz e da Lampreia

A partir de hoje e até dia 10 de Março terá lugar em Montemor-o-Velho o 11º Festival do Arroz e da Lampreia, com o objectivo de divulgar e promover a orizicultura e a pesca da lampreia, que são dois dos produtos mais populares da região.

O arroz de lampreia, de cabidela, de pato ou de açafrão com miúdos de pato são algumas das muitas e maravilhosas iguarias que poderemos encontrar à mesa do festival.

Ao longo de dez dias, Montemor-o-Velho vai divulgar o arroz e a lampreia com a mostra gastronómica nos restaurantes, as tasquinhas e petisqueiras presentes no festival, a venda do arroz carolino do Baixo Mondego, as sessões de gastronomia criativa (show cooking) com chefs de renome internacional, a mostra de artesanato, a animação cultural e as visitas pela rota do arroz.

Para que não vos falte nada, aqui fica a lista dos restaurantes, tasquinhas e não só que participam no certame e respectivo contacto telefónico:

Mostra de Gastronomia nos Restaurantes

Restaurante do Serrado | Arazede – 239 607 218

Restaurante Encosta de São Pedro | Carapinheira – 964 565 632

Restaurante Patinhos | Carapinheira – 239 623 535

Restaurante Refúgio do Paul | Carapinheira – 239 621 063

Churrasqueira Bem Bom | Meãs – 918 907 534

Restaurante Sitio Certo | Meãs – 239 629 473

Café Restaurante D. Dinis | Montemor-o-Velho – 239 689 483

Café Restaurante Os Petiscos da Tina | Montemor-o-Velho – 239 680 198

Restaurante O Marinheiro | Montemor-o-Velho – 239 680 137

Restaurante O Mosteiro | Montemor-o-Velho – 239 689 446

Taberna da Floripes | Montemor-o-Velho – 239 680 322

Churrasqueira Grelhados da Quinta | Pereira – 239 647 248

Churrasqueira O Escondinho | Pereira – 239 647 246

Restaurante O Califa | Santo Varão – 239 645 512

Casa Arménio | Tentúgal – 239 951 175

Restaurante Chinfrão | Soure – 239 646 647

Tasquinhas

Centro Beira Mondego | Santo Varão – 962 764 068

Grupo Folclórico da ACDR de Meãs do Campo – 912 476 004

Grupo Folclórico da Ereira – 966 732 443

Restaurante Cortiço – 239 477 388

Tasquinha da Marinhoa – 917 583 500

Antepastos & Repastos | Doces, Salgados & Licores

Ginginha de Óbidos e Doçaria das Caldas da Rainha – 913 085 997

Pastelaria A Pousadinha – 966 494 967

Grupo Folclórico da Vila de Pereira 917 731 601

Doces e Licores de Nossa Senhora da Paz | Moinho da Mata – 964 293 015

Fonte: Câmara Municipal de Montemor-o-Velho.

Arroz: Dicas Rápidas II

Continuando as dicas sobre a melhor forma de resolver problemas em relação ao arroz, aqui ficam mais umas quantas:

1. Para aquecer o arroz já cozido, basta colocá-lo numa rede escorredora e levar ao lume dentro de uma panela com três ou quatro dedos de água. Deixe a água da panela ferver durante alguns minutos para que o arroz fique quente e soltinho.

2. Se o arroz queimou, coloque o tacho, destapado, em cima de uma toalha molhada. O cheiro e o gosto de queimado desaparecerão.

3. Para soltar restos de arroz do fundo do tacho, coloque um pouco de água e vinagre e deixe ferver. O arroz sairá facilmente.

4. Para tirar o excesso de humidade do arroz guardado em latas, é só colocar uma fatia de pão seco lá dentro. O pão deixa o arroz seco e soltinho.

5. O cheiro e o gosto de queimado sairão facilmente se você enfiar no arroz uma cebola cortada ao meio.

6. Para tirar o cheiro do arroz queimado, basta colocar algumas fatias de pão de forma por cima e tapar o tacho por alguns minutos.

7. Outra estratégia é colocar pouco do arroz do tacho em cima do lava-louça e em seguida colocar o tacho do arroz em cima do arroz tirado. Deixando assim por cinco minutos, o gosto de queimado sairá facilmente. (Parece-me estranho, mas lembro-me de ver a minha avó fazer isto…)

8. Você pode dar um sabor muito especial ao risoto se colocar um pouco de cravo-da-índia no tempero.

9. Cozinhe o arroz sempre com o tacho tapado. Assim ele não perde nem o sabor nem a consistência.

Fonte: 500 Segredos Culinários Revelados.

Arroz com Requeijão

Ora mais uma receita que vou ter de experimentar… Quem me acompanha?? Um belo arroz com requeijão e presunto já me está a fazer salivar! Está bem que demora algum tempo a fazer, mas acho que deve valer a pena:

Ingredientes:

Cooking World - Arroz com Requeijão2 chávenas de Arroz CIGALA Agulha

1 pacote de natas

2 medidas de leite (usar o pacote das natas como medida)

2 c. sopa de azeite

1 requeijão

1 folha de louro

Paus de canela q.b.

150g de presunto em cubinhos

1 chávena de chá de espinafres picados

200g de queijo ralado

Água, pimenta, noz-moscada e sal q.b.

Margarina para untar

Preparação:

Cobrir o arroz com água e deixar por 2 horas.

Noutro recipiente misturar as natas, o leite, o requeijão esfarelado, sal, pimenta e noz-moscada. Juntar o arroz escorrido, o presunto e os espinafres picados.

Transferir para uma travessa untada com manteiga, cobrir bem com papel de alumínio e levar ao forno, pré-aquecido, durante 30 minutos.

Retirar o papel, polvilhar com o queijo ralado e deixar cozer por mais 20 minutos.

Retirar, deixar repousar 10 minutos e servir.

Fonte: Cigala.

Arroz: Dicas Rápidas I

O arroz é um dos acompanhamentos mais básicos, rápidos e práticos para quase todos os tipos de pratos; Além disso é versátil e pode ser feito de diversas forma e com diversos outros alimentos misturados. Mas também é verdade que fazer um bom arroz nem sempre é tarefa fácil e por vezes as coisas não correm lá muito bem… Aqui ficam algumas dicas rápidas e muito simples sobre o que fazer em diversas situações:

1. Lave o arroz e refogue. Coloque água fervente e deixe ferver por cinco minutos. Desligue o lume, enrole o tachocom folhas de jornal e em seguida embrulhe numa tolha turca ou numa manta. Deixe o tacho assim durante quinze minutos. Ao abrir, o arroz estará cozido e quente.

2. Se você esquecer de colocar sal no arroz e ele já estiver cozido, misture a quantidade de sal para aquela porção num copo de água e deite por cima do arroz. Leve o tacho de volta ao lume até secar.

3. Para saber se a água do arroz que está a cozinhar já secou, basta apagar lume, molhar o dedo e bater no lado de fora do tacho, como se faz com o ferro de engomar. Se o tacho estalar, significa que a água já secou; se não estalar, o arroz ainda tem água.

4. É possível preparar uma porção de arroz para vários dias refogando-o com bastante óleo, alho amassado e sal, até se soltar do tacho. Depois, guarde o arroz no frigorífico num recipiente de plástico ou de vidro tapado. Retire do frigorífico só a quantidade que vai usar em cada momento e cozinhe normalmente.

5. Quando o arroz estiver pronto, faça um furo com um garfo e coloque no seu interior uma colher de sopa de vinagre. Baixe o lume e deixe cozinhar por mais dois minutos. O arroz ficará mais soltinho.

6. Coloque o arroz do dia anterior num tach0 com um pouco de água, mexa, tape e leve a lume baixo. Depois de alguns minutos ele ficará soltinho e saboroso como o arroz feito no dia.

7. Se o arroz queimar, coloque imediatamente o tacho ainda quente e com vapor dentro de um recipiente com água fria. Após alguns minutos o cheiro de queimado desaparecerá. Tire o arroz do tacho sem raspar o fundo que queimou.

8. Para um rápido cozimento, faça o arroz na panela de pressão. Quando a panela começar a chiar, deixe ao lume por dois minutos. Espereque arrefeça um pouco e liberte toda a pressão antes de abrir.

9. Se você pôs muito óleo para refogar o arroz, coloque a água para cozinhar junto com algumas folhas de alface por cima. As folhas de alface absorverão o excesso de óleo.

Fonte: 500 Segredos Culinários Revelados.

Arroz de Legumes com Laranja

Cá por casa o arroz é um acompanhamento habitual e é cozinhado de várias maneiras; costuma quase sempre incluir algum tipo de legumes, mas eu ando sempre à procura de ideias diferentes, para não “cansar” o paladar; desta vez descobri este arroz de legumes com laranja e vou experimentar! Para que possam fazer o mesmo, aqui fica a receita:

Ingredientes:

100 g de cebola picada

100 g de alho francês em rodelas

40 g de Becel Cozinha

1 cenoura

1 courgette pequena

Sal q.b.

250 g de arroz agulha

2 cascas de laranja (só a parte vidrada)

5 dl de água

Preparação:

Deite a cebola picada e o alho francês num tacho, junte a Becel Cozinha e leve a cozinhar sobre lume brando até os legumes estarem moles.

Entretanto pele a cenoura e lave a curgete. Corte ambas em cubinhos pequenos e junte aos restantes legumes. Tempere com sal, tape e passados cerca de 5 minutos adicione o arroz.

Lave a laranja e, com um pelador, retire 2 tiras da casca e junte ao arroz.

Regue com a água a ferver, mexa com um garfo e deixe cozinhar, tapado e sobre lume brando, durante cerca de 15 minutos.

Fonte: Becel.