Sumo de manga, cenoura e laranja

Nota Cooking: Contribuição do blog Uma Pedra de Sal! Original aqui.

Ingredientes:cooking sumo

– 230 gr de manga (1 manga)

– 80 gr de cenoura (1 pequena)

– 140 gr de laranja (sem casca e fibras brancas)

– 40 gr de açúcar

– 300 gr de água fria

Preparação:

Coloque todos os ingredientes, excepto a água, no copo da Bimby e programe 30 segundos, velocidade 9.

Baixe os resíduos das paredes do copo com a espátula e junte a agua.

Programe 1 minuto, velocidade 9.

Alternativa de preparação:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e processe ate obter uma bebida sem grumos.

(Imagem cedida pela autora) Sónia Alegre – Uma Pedra de Sal

Licor de Café

Nota Cooking: Contribuição do blog Sabores Leves! Original aqui.

Precisava que o dia em vez de 24 tivesse 48 horas e mesmo assim acho que não chegava para tudo 🙂 de vez em quando temos uns contratempos e não conseguimos chegar a tudo… No Natal passado, aproveitando aguardente que me ofereceram fiz alguns licores, entre os quais Licor de Café; na altura não publiquei a receita nem tirei fotos,  mas como já me pediram para fazer mais licor por ser tão bom, desta vez tirei a foto para partilhar com vocês.

Ingredientes:cooking - licor cafe

1 lt de água
500 gr de açúcar
5 estrelas de anis
50 gr de café em pó (convém ser um bom café)
0,5 lt de aguardente
1 colher de sobremesa de açúcar baunilhado

Preparação:

Numa panela deitar a água, o açúcar, o açúcar baunilhado e as estrelas de anis e deixar ferver durante 15 min.

Juntar o café e deixar ferver mais 5 min. Deixar arrefecer.

Juntar a aguardente e mecha com uma colher.

Coar para garrafas de vidro usando um funil de pano. Divida as estrelas de anis pelas garrafas do licor e deixe descansar 3 a 4 semanas.

Claro que se quiser pode servir logo, mas quanto mais tempo ficar em repouso melhor fica. 🙂

(Imagem cedida pela autora) Lena Santos – Sabores Leves.

Sumo de Papaia e Laranja

Nota Cooking: Contribuição do blog Uma Pedra de Sal! Original aqui

Pequenos almoços de sábado são sempre especiais! Apesar de ser uma mulher de hábitos e gostar de comer sempre cereais de manhã, ao sábado abro uma excepção  até porque há mais tempo… E quase sempre sai um sumo de frutas. Adoro frutas tropicais e apesar de não serem uma opção nada barata, nos dias que correm, de vez enquando lá abro uma excepção  Se pensarmos bem, em termos de custo, ficou a metade do preço do que custa um sumo de frutas fora de casa. Com a vantagem de se poder escolher a quantidade de açúcar a incluir e as frutas da nossa preferência. Além disso, se forem tão preguiçosos quanto eu para comer fruta, assim não custa mesmo nada!

Este sumo ficou fantástico e com a Primavera que vai chegando bem devagarinho, vai começando a apetecer cada vez mais estas soluções fresquinhas e saudáveis. Bem vindo sol!

Ingredientes:cooking - sumo

(para 2 copos)

1 papaia (200 gr)

laranjas qb (200 gr de sumo)

40 gr de açúcar

1 colher de café de pasta de baunilha

300 gr de água

Preparação:

Descasque as laranjas e elimine o máximo de filamentos brancos e coloque dentro do copo da bimby. Junte a papaia descascada e sem sementes, bem como o açúcar e a pasta de baunilha (se não encontrar pode utilizar um pouco de essência). Programe 15 segundos, velocidade 9.

Junte a água e programe mais 1 minuto, velocidade 9. Sirva de imediato.

Alternativa de preparação:

Descasque as laranjas e elimine o máximo de filamentos brancos e coloque dentro de um copo liquidificador (ou outro robot eu permita reduzir a fruta a polpa). Junte a papaia descascada e sem sementes, bem como o açúcar e a pasta de baunilha (se não encontrar pode utilizar um pouco de essência). Processe até desfazer bem.

Junte a água e volte a processar até obter uma bebida bem homogénea e sem grumos. Sirva de imediato.

(Imagem cedida pela autora) Sónia Alegre – Uma Pedra de Sal.

Champanhe de morangos

Nota Cooking: Contribuição do blog Limited Edition! Original aqui.

Recentemente o blogue “A Tertúlia da Susy” (que também é colaborador do Cooking World) tomou a excelente iniciativa de criar um projecto chamado “A Escolha do Ingrediente”. Parece o título de um programa de culinária? Pois não é. É uma maneira criativa e original de divulgar blogues e receitas, sendo que este mês o blogue anfitrião é o mesmo que o criou e o ingrediente chave, morangos.

Tal como disse logo à Susy quando a contactei por email, para mim esta não é a melhor altura para comprar nem consumir morangos. Parecem-me todos muito lindos, gordos e luzidios, mas raramente me sabem a mais do que água. Não sei se sou eu que tenho azar com os morangos, ou não sei escolhê-los. A segunda hipótese é capaz de estar mais próxima da verdade. Tenho de ir à procura dos biológicos, já sei… Os que trouxe para casa reuniam as tais características que temia e, como tal, quis usá-los numa receita que anulasse esse sabor menos doce. E que combina melhor com morangos do que champanhe?… 😉

Ingredientes:cooking - morangos

(receita retirada daqui)

500g de morangos

folhas de hortelã

champanhe Taittinger (ou de outra marca) fresco

Preparação:

Retirar o caule dos morangos e cortá-los em 4 pedaços. Colocá-los em pequenas porções num escorredor de rede juntamente com algumas folhas de hortelã. Com a parte de trás de uma colher de sopa, espremer os morangos contra a rede. O objectivo é retirar apenas o sumo, a polpa não será utilizada. Quando terminado este processo, colocar o sumo dos morangos em flutes e enchê-las com champanhe fresco. Beber num fim de tarde quente, de preferência bem acompanhado…

(Imagem cedida pela autora) Maria Teixeira – Limited Edition.

Licor de Cereja

Nota Cooking: Contribuição do blog Oficina das Papitas! Original aqui. 🙂

Quem me iniciou nos licores foi a Moira. Ensinou-me a fazer uma séria deles, inclusivamente este, o de cereja. Ela aconselha a esperar um ano para consumir, e assim o fiz. Digo-vos que valeu a pena tão alongada espera. Delicioso.

????????

Não vou dar quantidades pois isso dependerá do tamanho do frasco onde for guardado a marcerar.

Assim, teremos de ter um frasco de boca larga, cerejas que encham 1/3 da capacidade do frasco, açúcar para cobrir as cerejas e uma boa aguardente para completar a capacidade do frasco.

Deve-se lavar bem as cerejas sendo a acção de tirar-lhes o pedúnculo, facultativa. Secá-las em papel de cozinha e deitar no frasco. Juntar um pau de canela e cobrir com açúcar. Fechar o frasco e deixar assim durante 2 a 3 dias, abanando de vez em quando. Ao fim deste tempo, completar com aguardente, mexer e fechar o frasco. Guardar em local seco e sem muita claridade. Enchermo-nos de paciência e esperar um ano.

Eu fiz este o ano passado, aquando da época das cerejas. Ainda não decorreram os 12 meses de praxe mas já se bebe maravilhosamente bem e, melhor, comem-se as cerejas. Uma delícia.

E porque achei que à festa de aniversário do blog O Bolo da Tia Rosa, da nossa querida Mané, não poderia faltar um brinde ao seu trabalho e à maravilhosa pessoa que ela é, ofereço-lhe este licor acompanhado do meu sincero agradecimento.

Parabéns, Mané e obrigada por estares sempre aí. Tchim thim.

(Imagem cedida pela autora) Maria Papitas – Oficina das Papitas.

Lassi de… Cereja!

Nota Cooking: Contribuição do blog Uma Pedra de Sal! Original aqui. 🙂

Se me perguntassem que eletrodoméstico me facilita mais a vida na cozinha confesso que ficaria indecisa entre a minha Bimby (o meu braço direito) e a minha arca vertical (o meu braço esquerdo)…

Quando comprei a minha casa atual fiquei escandalizada com o frigorífico que a cozinha tinha… Refiro-me a um combinado que tinha apenas uma gaveta e meia de congelação… Dei por mim a pensar como é que uma família de dois elementos sobrevive com um espaço de congelação tão exíguo… Muito menos seria compatível com uma família bem mais numerosa… E se temos vizinhos com 3 e 4 filhos e até 5…

Nem preciso de dizer que assim que consegui, dispensei um dos despenseiros e mandei colocar uma arca vertical que é a menina dos meus olhos – 7 gavetas!!!!

A verdade é que se pudesse também eu compraria diariamente a carne e o peixe que iria comer na refeição do dia… Mas o tempo é tão escasso que quando tenho hipótese de ir às compras, compro para congelar, para ter sempre disponível em dias em que é impossível despender de tempo para essa tarefa que, na verdade, me dá tanto prazer…

Congelo tudo um pouco… Fruta, hortaliça, carne, peixe, pão, claras, iogurtes, queijo, enfim… Difícil às vezes é manter o inventário atualizado do que a arca contém para ir gastando o que está há mais tempo.

Quando alio a arca à Bimby consigo fazer coisas inimagináveis… Como por exemplo, fazer uma Lassi de Cereja em pleno mês de Março… Os pequenos almoços de sábado são sempre diferentes e desta vez decidi-me por uma bebida deliciosa, para gastar umas cerejas que ainda andavam na arca. Confesso que adoramos!!!! Já tínhamos saudades… Para mim as cerejas deviam ser daquelas frutas que deveria haver o ano inteiro… Uma delícia!

Espero que gostem!

Cooking World - Lassi de CerejaIngredientes:

– 120 gr de cerejas congeladas (sem caroços)

– 125 gr de iogurte natural (tinha congelado)

– 55 gr de açúcar

– 265 gr de água

Preparação:

Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby e programe 1 minutos, velocidade 9. Sirva de imediato.

Alternativa de preparação:

Coloque todos os ingredientes num liquidificador e processe até obter um sumo bem líquido, sem grumos.

(Imagem cedida pela autora) Sónia Alegre – Uma Pedra de Sal.

Alprojito

Uma receita simpática e agradável para os filhotes (e eu própria, diga-se de passagem) nos acompanharem num “copito” quando há visitas em casa, sem ficarem mais “alegres” do que é suposto: um Alprojito!

Cooking World - AlprojitoIngredientes:

1 lima pequena
16 folhas de hortelã
4 colheres de chá de açúcar
360 ml de Alpro Bebida de Banana
120 ml de água com gás
Gelo

Preparação:

Prepare 4 copos e coloque em cada um deles o sumo de 1/4 de lima, 4 folhas de hortelã picadas e 1 colher de chá de açúcar. Esmague todos os ingredientes para libertarem o sabor. Junte a cada copo 90 ml de Alpro Bebida de Banana e 30 ml de água com gás. Misture com uma colher. Junte gelo picado para manter a sua bebida gelada. Termine com um raminho de hortelã e, se quiser, uma rodela de lima cortada.

Fonte: Alpro.

Mexican Coffee

Por aqui adora-se café de quase todas as maneiras e feitios; logo, esta receita de café mexicano despertou-me a curiosidade… Parece-me um bocadito estranha, mas isso nunca me impediu de fazer as minhas aventuras culinárias – vou experimentar! Alguém me acompanha?

ICooking World - Mexican Coffeengredientes:

1 dl de creme culinário Vaqueiro
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de sopa de açúcar
noz moscada
4 quadrados de chocolate negro
± 5 dl de café forte
4 paus de canela

Preparação:

Coloque o creme culinário, que deve estar bem frio, numa taça, junte-lhe a canela em pó, o açúcar e uma pitada de noz moscada e bata energicamente até estar bem espesso. Reserve no frigorífico.

Rale o chocolate e distribua-o por 4 chávenas.

Prepare o café na máquina e distribua-o pelas chávenas.

Por cima deite o creme culinário bem frio e sirva de imediato com 1 pau de canela em cada chávena.

Fonte: Vaqueiro.