Um Docinho Hiper Rápido!

Aqui há uns tempos o meu marido resolveu ter um ataque qualquer em que só lhe apetecia comer um doce… Ora eram 23h, o que é que eu ia fazer aquela hora??

Pois bem, abri o frigorífico e tinha lá um pacote de natas e uma lata de leite condensado…

???????????????????????????????

Ingredientes:

1 lata de leite condensado bem fresco

1 pacote de natas bem fresco

2 a 3 bolachas torradas, digestivas ou Maria

Preparação:

Bater bem as natas com umas gotinhas de sumo de limão.

Colocar uma a duas c. de sopa de natas batidas em cada tacinha; despejar por cima, com cuidado, ou pouco de leite condensado. Ralar as bolachas e dispor por cima do doce, para decorar… E servir!

É rápido, é simples e satisfaz a necessidade de algo doce… 🙂

Doce de Vinagre com Farófias

O doce de vinagre traz-me recordações de infância… Lembro-me perfeitamente de o comer em casa dos meus avós, na ilha Terceira, e adorava-o! Nunca o tinha feito, mas lembrei-me dele a propósito da parceria com a Paladin e, como é óbvio, tinha de tentar fazê-lo.

Entretanto descobri que, além de ser muito popular na Ilha Terceira, doce de vinagre é também um doce típico do Montijo, pelo que fui procurar a respectiva receita e encontrei-a aqui. Mas como me lembrava que o doce era mesmo muuuuito doce, quis acrescentar algo menos doce, para equilibrar e ao mesmo tempo aproveitar as claras dos ovos utilizados; por isso, juntei-lhe umas farófias muito simples. Saiu isto:

???????????????????????????????

Ingredientes:

Para o Doce:

8 gemas

2 claras

2,5 dl de leite

400g de açúcar (só pus 300g)

1 c. de sopa de vinagre de vinho branco Paladin

Uma boneca de erva-doce

Para as Farófias:

6 claras

3 c. sopa de açúcar

1/2 l de leite

Casca de limão

1 pau de canela

Para decorar:

Canela em pó

Preparação:

Doce:

Num tacho largo, levar ao lume o leite com a boneca de erva doce, o vinagre e o açúcar; misture e deixar ferver 3  4 minutos, até fazer um ponto fraco. (O leite vai talhar, o que é perfeitamente normal, o objectivo do vinagre é mesmo esse).

Bater as gemas com as claras. Retirar o preparado anterior do lume, deixar arrefecer e juntar as gemas batidas com a claras. Levar novamente ao lume e mexer sempre, até que engrosse e faça ponto de estrada (quando passamos a colher pelo fundo do tacho e se  abre como que uma estrada).

Colocar nas tacinhas de servir.

Farófias:

Num tacho largo, levar ao lume o leite com o pau de canela e a casca de limão; podem acrescentar 3 a 4 c. de sopa de açúcar se assim o desejarem, eu não o fiz. Deixar levantar fervura e baixar o lume, para que o leite se mantenha a ferver muito lentamente.

Entretanto bater as claras em castelo bem firme, com a ajuda de umas gotas de limão ou umas pedrinhas de sal.

Deitar colheradas de claras no leite fervente e deixá-las cozer (o que acontece rapidamente), virando-as com a ajuda de uma escumadeira; as claras aumentam de volume no tacho porque absorvem leite, por isso convém não colocar mais de 2 a 3 colheradas de cada vez, a não ser que o tacho seja mesmo muito grande!

Quando cozidas, retirar as farófias do leite e colocá-las sobre um passador, para que escorram o leite absorvido. Em seguida, dispô-las sobre o doce de vinagre e decorar com um pouco de canela em pó.

Depois é só colocar no frigorífico e saborear bem frio… Fica uma autêntica delícia!

Como nota final, lembrem-se que se por acaso o doce ficar com grumos podem passar com a varinha mágica!  Lembro-me de ver a empregada dos meus avós a fazer isso 🙂

Gelado de Banana e Caramelo

Algumas bananas congeladas porque já estavam a passar do ponto de serem comidas e um restinho de caramelo líquido foram o mote para o meu segundo gelado…

???????????????????????????????

Ingredientes:

4 bananas em pedaços

200 ml de natas light

200 ml de iogurte magro

3 c. de sopa de adoçante em pó

3 c. sopa de caramelo líquido

Preparação:

Refrigerar bem todos os ingredientes.

Picar as bananas na trituradora (as minhas estavam congeladas, mas podem utilizar bananas não congeladas).

À parte, bater as natas até que fiquem bem firmes; adicionar os iogurtes e o adoçante em pó e misturar; acrescentar as bananas e o caramelo e envolver bem.

Colocar o preparado na máquina de gelados durante 30 a 35 minutos; depois de pronto, levar ao congelador por 30 minutos a 1h antes de servir. Se não tiver máquina, coloque o preparado no congelador e vá batendo energicamente a cada 30 minutos, para quebrar os cristais de gelo que se forem formando.

Eu servi simples porque não tinha mais caramelo, mas pode servir com um pouco de caramelo líquido por cima.

Uma sobremesa docinha mas que não esquece a importância do consumo diário de fruta! 🙂

Gelado de Xarope de Groselha

Aqui há dias resolvi comprar uma máquina de gelados… E tal como já é meu hábito, não fui capaz de começar pelo mais simples, ou seja, experimentá-la e habituar-me a ela com receitas já testadas… Não, tive logo de começar a inventar!

E assim, o primeiro geladinho a sair do meu novo “brinquedo” foi de groselha e bem saudável! Querem ver??

???????????????????????????????

Ingredientes:

200ml de creme de soja (substituto de natas)

300ml de iogurte natural magro

1dl de xarope de groselha

2 c. sopa de adoçante em pó (mas acho que não era preciso!)

Preparação:

Refrigerar bem todos os ingredientes.

Bater o creme de soja até que fique firme (juntei umas gotinha de sumo de limão para facilitar a tarefa); depois do creme batido, adicionar os iogurtes, o adoçante e o xarope de groselha e misturar bem.

Colocar o preparado na máquina de gelados e deixar em funcionamento por 40 minutos. Colocar no congelador cerca de 1/2 hora se necessário e servir!

Viram?? Simples, económico, rápido e saudável! Fez sucesso cá por casa 🙂

Arroz Doce com Chocolate Branco

Nota Cooking: Contribuição do Blog do Chocolate! Original aqui. 🙂

Arroz-Doce5

Ingredientes: 

  • 2 chávenas de Arroz Bom Sucesso, Carolino, Ariete
  • água suficiente para cozer o arroz
  • 100 gr. de passas brancas (sultanas douradas)
  • 100 gr. de passas pretas
  • 100 gr. de castanha de caju moída (não usei)
  • 400 gr. de chocolate branco picado
  • 4 gemas de ovos
  • meia lata de leite condensado
  • 200 ml de natas
  • rum q.b.  (usei vinho do porto)
  • 4 cravinhos (usei cravinho em pó q.b.)
  • canela em pó q.b.
  • noz moscada q.b.
  • canela em pau para decoração
  • hortelã para decoração

Preparação:

Uma hora antes, colocar as passas a macerar num pouco do vinho do Porto por forma a ganharem gosto.

Picar o chocolate branco e reservar.

Num tacho colocar, as passas, o arroz, a água, a canela, a noz moscada, o cravinho em pó e deixar cozer em lume brando.

Depois de cozido, retire o excesso da água, junte o chocolate branco, mexa 1 ou 2 vezes para incorporar e deixe-o acabar de derreter no arroz.

Numa tigela misturar as gemas com o leite condensado e depois envolver no arroz, ligue de novo o lume no mínimo e vá mexendo um pouco mais até tudo ficar homogéneo.

No final junte as natas, mexa e coloque em tacinhas.

Decore a gosto.

Receita adaptada de http://www.redetv.com.br/seligabrasil/video/305684/arroz-doce-fica-irresistivel-com-chocolate-branco-1.html

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Blog do Chocolate.

Gelado de Natas e Redução de café

Nota Cooking: Contribuição do blog 7 Gramas de Ternura! Original aqui. 🙂

_20130603_P6030075

Ingredientes:

2 iogurtes naturais
2 dl de natas
1/2 lata de leite condensado
4 claras
5 c. sopa de redução de café Casa da Prisca.
sumo de meio limão

Preparação:

Bata as natas na batedeira até estarem bem firmes. Junte os iogurtes e bata mais um pouco. Adicione o leite condensado e envolva. Bata as claras em castelo firme e adicione-as ao preparado anterior, com a ajuda de uma colher metálica. Adicione a redução de café, o sumo de limão e envolva devagar.

Coloque o preparado numa caixa com tampa e leve ao congelador. Cerca de 15 minutos antes de utilizar, retire o gelado do congelador. Sirva o gelado com um fio de redução de café por cima.

(Imagem cedida pela autora) Mª José Machado – 7 Gramas de Ternura.