Duo Chocomorango

Nota Cooking:  Contribuição do blog Histórias e Aromas! Original aqui.

Ingredientes:

???????????????????????????????1 saqueta de pudim de morango*

1 saqueta de pudim de chocolate*

6 frasquinhos de vidro

*Pudins Boca Doce

Preparação:
– Segue-se a instruções que se encontram na embalagem para se fazer o pudim de morango mas reduz-se o açúcar para metade;
– Tomba-se um bocado os frascos e colocam-se num suporte , distribui-se o pudim pelos 6 frascos e leva-se ao frio até solidificar;
– Faz-se o pudim de chocolate segundo as instruções e reduz-se novamente no açúcar;
– Deita-se nos frascos reservados anteriormente e leva-se de novo ao frio para solidificar o pudim de chocolate;
Estão prontos a ser devorados!!!

(Imagem cedida pela autora) Cláudia Lameiras – Histórias e Aromas

Anúncios

Um Agradecimento

Este não é um post sobre comida; também não é um post sobre novidades, dicas truques, ou qualquer outro tema habitual no Cooking World. É, sim, um agradecimento.

Um agradecimento a todos aqueles que contribuem para este projecto; a todos os bloggers que disponibilizam as suas receitas, sugerem temas e que, no seu conjunto, permitiram a criação de extraordinários laços de amizade, entreajuda, apoio e encorajamento entre todos.

Um grupo de pessoas que se encontrou por acaso, tendo por mote o Cooking World, e que ao longo dos últimos três meses e meio se descobriu e se encontra unido por muito mais do que apenas um blog. Nos bons e nos maus momentos de cada um. Tenho muito orgulho neste grupo; tenho muito orgulho nas PESSOAS que compõem este grupo.

Achei que era importante registar isto. Imagino que o que estou a escrever não interesse à maior parte dos leitores do Cooking World, mas para mim este post era obrigatório, tinha mesmo de ser escrito e publicado.

OBRIGADA a todos.

E se alguém quiser conhecer melhor este grupo, é só clicar nos links dos blogs contribuidores, um pouquinho mais abaixo na coluna do lado esquerdo do blog, e visitá-los; todos merecem ser visitados, sem excepção.

Imagem retirada da Internet via Google Imagens

Imagem retirada da Internet via Google Imagens

Uma Homenagem

A Duxa, autora do blog A Cozinha da Duxa e contribuidora do Cooking World, comemorou ontem o seu aniversário. E, como é óbvio, a equipa não podia deixar de lhe dar os parabéns!

Cooking World - A Cozinha da Duxa

Resolvemos fazê-lo em jeito de homenagem; assim, vários elementos da nossa equipa escolheram a sua receita favorita d’A Cozinha da Duxa. Querem saber como ficou a nossa selecção? Pois aqui têm (sem nenhuma ordem em particular):

Cláudia Lameiras (Histórias e Aromas): Caldeirada de Argolas do Mar

Natacha Calado (Cooking World): Coquitos

Paula Vieira (Doce Mais ou Menos): Mousse de Iogurte com Framboesas

Cooking World - Mousse de Iogurte com Framboesas

Mena Lopes (As Aventuras de uma Mamã): Tarte de Maçã para Abraçar o Outono

Paula Moita (Partilhando Sabores e Receitas) e Maria Teixeira (Limited Edition): Muffins com Calda de Morangos

Joana Oliveira (Entre Tachos e Sabores) e Libelinha (Emoção às Colheradas): Brownies com Especiarias

Cooking World - Brownies com Especiarias

Lena Santos (Sabores Leves): Lemon Cheesecake

Aida Silva (Doces em Casa): Pão Rústico com Salsichão

Susy M (Tertúlia da Susy): Tarte de Grão com Amêndoas

Cooking World - Tarte de Grao com Amendoas

Mariana Teixeira (Receitas para a Felicidade) e Catarina Sá (A Cozinha da Kinhas): Pão de Ló de Alfeizerão

Cláudia Pinto (Delícias cá da Casa): Mousse de Batata Doce

Helena Pereira (Cooking) e Rosário Mota (Come, Bebe, Sorri e Ama): Caracóis de Figo com Mostarda

Cooking World - Caracóis de Figo com Mostarda

Élia Magro (O Gosto pela Cozinha): Pudim de Ananás e Coco no Liquidificador

Hélia Silva (Mais um sobre Culinária): Um Bolo para a Maria

Lúcia Fernandes (O Barriguinhas): Crumble de Morangos

Cooking World - Crumble de Morangos

Maria Papitas (Oficina das Papitas): Linguine com Salmão e Courgette em Molho Caesar

Paulo Herculano (The Wild Kitchen): Requeijão

Isabel Fernandes (Blog do Chocolate e Brisa Marítima): Um Bolo de Chocolate para Comemorar um Aniversário

Cooking World - Bolo de Chocolate

Nem todos os contribuidores conseguiram participar pelas mais diversas razões, nomeadamente profissionais e familiares, mas mesmo assim parece-me que está aqui uma boa selecção de receitas da Duxa, todas elas muito saborosas e apetitosas… Agora toca de irem espreitar!!!

E muito obrigada a todos aqueles que colaboraram nesta ideia! 🙂

Nota: As imagens vieram d’A Cozinha da Duxa, claro!

Afinal o que é um Bundt Cake?!?!

Nota Cooking: Um artigo da responsabilidade da Mena Lopes, autora do blog As Aventuras de uma Mamã, sobre Bundt Cakes. Diga-se de passagem que está excelente, vale mesmo a pena ler!

Um dia destes tinha uma mensagem da minha querida Natacha a perguntar-me o que era um Bundt Cake.

Ora aqií está uma pergunta difícil! Sim, porque não há tradução lógica para este tipo de bolo. É um bolo de origem norte-americana, mas que de momento já corre todo o mundo, mantendo sempre o mesmo nome. Isto porque são feitos naquilo que se chama um Bundt Pan, ou seja uma forma de Bundt.

De tão especiais que são, estes bolos também têm que ser feitos em formas especias. A melhor forma de Bundt’s é a da Nordic Ware.

Para terem uma ideia, a primeira forma de Bundt apareceu no ano 1950, e como tal este tipo de bolo já tem mais de 60 anos. Os materiais foram sendo alterados, mas sempre mantendo o formato original! As formas são de perder a cabeça, e qualquer amante de Bundt’s tem uma forma destas. (eu ainda não tenho, mas quando tiver será um sonho cumprido). Deixo-vos alguns exemplos deste tipo de formas, da respetiva marca:

Forma comemorativa dos 60 anos do Bundt Cake Imagem: Nordic Ware

Forma comemorativa dos 60 anos do Bundt Cake
Imagem: Nordic Ware

A partir do ano 2000 começaram a aparecer no mercado formas com outros desenhos. Será apenas uma questão de gosto pessoal, porque para mim são todas lindas de morrer.

Imagem: Nordic Ware

Imagem: Nordic Ware

Com o tempo vão aparecendo novos modelos, como se tratasse de uma colecção Primavera/Verão. Inclusivamente, têm também as formas múltiplas de Bundt, ideais para fazer mini bundt’s:

Imagem: Nordic Ware

Imagem: Nordic Ware

Além de os Bundt cakes serem feitos em formas especiais, também há uma série de recomendações que devem ser consideradas.

Antes de começar a fazer um Bundt devemos preparar com antecipação todos os ingredientes que vamos utilizar, e acima de tudo assegurar-nos que temos todos os ingredientes para a receita. Todos, mas todos, os ingredientes para a execução destes bolos, devem estar à temperatura ambiente.

Devemos ter a manteiga a mais ou menos 20ºC. Nunca, mas nunca, devemos derreter a manteiga. Deve ter  uma textura de pomada como mostra a foto abaixo:

Podemos comprovar que a manteiga está à temperatura ambiente se ao carregarmos o dedo fica marcado. Quando se diz temperatura ambiente devemos ter em atenção a temperatura da nossa cozinha, porque por exemplo no Verão facilmente a manteiga derrete.

Normalmente as receitas de Bundt Cake começam por bater muito bem a manteiga. É este processo que permite que a massa ganhe ar suficiente. O processo de bater a manteiga com o açúcar é factor primordial na execução de qualquer Bundt Cake, pois vamos criar as “borbulhas” de ar necessárias para que cresça. Depois de preparar esta massa, segue-se a adição dos ovos, que devem estar a temperatura ambiente. Se por acaso nos esquecemos, podemos colocá-los numa bacia com água morna durante uns cinco minutos.

Os ovos têm que ser adicionados um por um, misturando bem entre cada adição! Depois dos ovos normalmente seguem-se os ingredientes secos (farinha, sal, fermento, bicarbornato) e líquidos (creme frâiche, buttermilk, etc) que devem ser adicionados de forma alternada, terminando sempre com os ingredientes secos.

Normalmente estes ingredientes secos são sempre peneirados. Devem ser misturados suavemente e não batidos para que não haja libertação do glúten e não se formem túneis na massa do Bundt.

Outro dos aspectos fundamentais é a preparação da forma. Deve ser correctamente untada para que se possa desenformar bem o nosso Bundt.

O tempo de cozedura dos Bundt varia consoante o tamanho da forma utilizada, e como é óbvio, do forno que utilizamos.

Normalmente o tempo de cozedura pode variar entre os 50 e os 65 minutos, dependendo do forno.

O melhor truque continua a ser o do palito, e quando saia seco, está pronto a ser retirado do forno.

Não sei da existência de nenhum livro sobre Bundt’s, mas certamente que existirá; para encontrar receitas, o que não faltam são blogues na internet recheados destes maravilhosos bolinhos.

Podem encontrar uma amostra muito reduzida deste tipo de bolos em As Aventuras de uma Mama, ou senão, pela blogosfera internacional.

Depois de retirar do forno um Bundt Cake são essenciais os primeiros minutos de arrefecimento. Tem que se deixar arrefecer no mínimo 10 minutos sobre uma grelha e só depois deste tempo pode ser desenformado. Depois de se desenformar, deixamos arrefecer sobre a grelha, e de preferência, envolvido num saco de plástico ou película aderente, para que possa manter toda a humidade que tanto caracteriza este tipo de bolos.

Normalmente estes bolos não têm muita decoração e quanto muito pode ser colocada uma cobertura, isto porque algumas das formas já fazem com que estes bundt’s fiquem decorados com o formato delas.

Espero que com este pequeno relato tenha ajudado a esclarecer o que é um Bundt, e que comece agora uma onda de Bundt’s na blogosfera culinária!

Mena Lopes.

Fontes: El Rincón de Bea / Nordic Ware / As Aventuras de uma Mamã

E agora duas palavras do Cooking World: Obrigada Mena!!!!!!!!!!!!!

Chocolates com Amêndoa

Nota Cooking: Contribuição do blog Entre Tachos e Sabores! Original aqui. 🙂

Para um domingo à tarde nada melhor que uns chocolatinhos e um bom filme. Como o filme já tinha só faltavam os chocolates. 🙂

Por isso, hoje trago-vos uma sugestão super simples e fácil de fazer. Este chocolates levam amêndoa em palitos e aroma de amêndoa (este aroma que tenho, depois de adicionado, o seu sabor é idêntico à bebida amarguinha, o que lhe dá um toque especial).

Cooking World - Chocolates de AmendoaIngredientes:

1 tablete de chocolate (a que utilizei foi de chocolate de culinária, mas pode ser de leite, branco, etc)

3 a 5 gotas de aroma a amêndoa (consoante o gosto de cada um)

Uma mão cheia de amêndoa aos palitos

1 colher de café de óleo

Preparação:

Derreter o chocolate com a colher de óleo em banho-maria. Depois de derretido, adicionar o aroma a amêndoa e a amêndoa aos palitos e envolver. Verter para as formas de silicone e levar ao frigorifico pelo menos uma hora.

(Imagem cedida pela autora) Joana Oliveira – Entre Tachos e Sabores.

Round Kitchens

Eu tenho um verdadeiro fascínio por kitchenetes; não acho que sejam práticas para o dia a dia de uma família, principalmente se houverem filhos e as refeições em casa fizerem parte do dia a dia, mas adoro o conceito de enfiar tudo num espaço mínimo. Por isso, não resisti a mostrar-vos as imagens que se seguem:

Lindas, não acham? E até parecem bastante funcionais, embora o espaço de trabalho não seja muito! 🙂

Fonte: MillenionDesign.

1 Mês de Cooking World + Giveaway

O Cooking World juntou-se ao blog Lavores & Cia para o Giveaway comemorativo do seu 1º mês de existência!
Cooking World - 2º Giveaway

O miminho é um lindíssimo pano de cozinha bordado e com barra em crochet (o que está na foto) que certamente embelezará qualquer cozinha, dando-lhe um cheirinho a primavera :).

O Giveaway decorrerá até às 00h00 do dia 8 de Março (Dia Internacional da Mulher) e o/a sortuda que tiver cumprido as quatro regras de participação será seleccionado/a através do random.org no próprio dia 8.

E as regras são:

1. Fazer like na página de Facebook do Cooking World: http://www.facebook.com/cookingworld.pt

2. Fazer like na página de Facebook do Lavores & Cia: http://www.facebook.com/LavoreseCia

3. Fazer a partilha pública da foto (Link da foto aqui)

4. Comentar a foto com “partilhado” e o link directo da partilha efectuada.

(Para chegarem ao link directo da partilha, apenas têm de ir ao vosso mural no Facebook depois de fazerem a partilha, clicarem na hora que está imediatamente por baixo do vosso nome no link da partilha, copiarem o respectivo url e colarem-no no comentário da foto referente ao Giveaway. Em caso de dúvida, basta pesquisar no Google ou em qualquer outro motor de busca “como encontrar o link directo de uma partilha no Facebook”.)

Boa sorte! 🙂

Foodomics

Sabem o que quer dizer “Foodomics”? E não, não é um palavrão!

Vou tentar explicar… Todos nós sabemos que nas duas últimas décadas tem havido um enorme desenvolvimento nos mais diversos campos e a alimentação não é excepção. Devido a estes avanços, é agora possível relacionar uma série de áreas de estudo que antes se desenvolviam de forma independente – os componentes alimentares, as comidas em si, as dietas, a saúde e as doenças e por aí fora.

Assim surgiu o termo (e a disciplina) Foodomics, que no fundo define uma abordagem compreensiva e global ao estudo da alimentação e dos alimentos numa perspectiva de melhoria da nutrição humana. Ou seja, os domínios da comida e da nutrição são estudados como um todo, com o objectivo de optimizar a saúde e o bem-estar dos seres humanos. Por outras palavras ainda, digamos que é a disciplina que estuda a relação entre os alimentos e as doenças. Resumindo e concluindo, a grande ambição da disciplina é poder proporcionar a cada indivíduo um plano alimentar personalizado que optimize a saúde e minimize ao máximo o risco de doença.

E bem que procurei, mas não consegui encontrar uma tradução para este termo na língua portuguesa.

Fonte: Foodomics / CSIC.

Giveaway no Cooking!

Duas semanas de Cooking World e mais de 100 Gostos no Facebook parecem-nos muito bem; por isso, resolvemos dar início ao nosso primeiro Giveaway! A prendinha será o livro “Cozinhar sem Gastar”, de Anabela Almeida, da Casa das Letras:

Cooking World - 1st Giveaway

O link da foto do Giveaway é este e as regras são as que se seguem:

1. Fazer “Gosto” na página de Facebook do Cooking World.
2. Fazer a partilha pública da foto no Facebook.
3. Comentar a foto com “partilhado”.

O vencedor será seleccionado no dia 22 de fevereiro através do random.org e serão considerados todos aqueles que cumprirem as 3 regras estabelecidas até às 24h do dia 21.

Participem e boa sorte!

Semlor

Imagem: Wikipédia

Imagem: Wikipédia

O Semla (semlor no plural) é um bolo sueco, típico da 3ª feira gorda! Para quem não conhece, trata-se de um pãozinho feito com farinha de trigo e aromatizado com cardamomo, que depois é aberto e recheado com pasta de amêndoa e chantilly e polvilhado com açúcar em pó. Como é um bolo pode ser comido à dentada, mas há também quem o coloque dentro de um copo ou caneca de leite quente e o coma à colher (esta versão não me satisfaz lá muito… prefiro a versão da dentada!).

A versão moderna destes pãezinhos (ou bolinhos, não consigo decidir qual será o termo mais apropriado…) foi introduzida no início do séc. XX, mas no séc. XVIII os semlor já eram bastante populares – a receita é que era outra! Os pãezinhos começaram por ser cozidos em leite; no séc. XIX surgiu nova alteração e foram introduzidos na receita o açúcar e a canela; e só no séc. XX foi acrescentado o recheio de chantilly e pasta de amêndoa.

Mas uma coisa é certa: independentemente da versão e da forma preferida para consumir este doce, hoje, na Suécia, foram feitas fornadas e fornadas deles em praticamente todas as pastelarias do país!

Para quem quiser uma receitinha e mais informações, este post do blog Anasbageri está óptimo!

Fonte: The Local.