Bouquets de Ervas Aromáticas

Cooking World - Ervas AromáticasÉ bastante comum encontrarmos várias receitas que pedem um ramo de ervas aromáticas na sua confecção. Ora isto, que para algumas de nós parece tão simples, para outras pode ser bastante complicado, por isso aqui ficam algumas considerações sobre os raminhos ou bouquets de ervas aromáticas:

1. Os raminhos de ervas aromáticas podem referir-se a ervas frescas ou a ervas secas, pelo que convém que esse pormenor seja especificado nas receitas; se não o for, parte-se do princípio que se tratam de ervas frescas.

2. Os bouquets de ervas são originários de França (eu não fazia a menor ideia… e vocês?) e são compostos por pelo menos 3 tipos de ervas; as mais comuns são a folha de louro, a salsa e o tomilho, mas podem ser feita qualquer combinação ao gosto de quem vai cozinhar e também segundo o alimento em questão – alecrim, oregãos, coentros, manjericão, cebolinha, salvia, hortelã, etc.

3. As ervas devem ser envoltas por uma gaze ou por uma folha de outro vegetal (alho francês ou aipo, por exemplo) e atadas com fio de cozinha.

4. No caso de se utilizarem ervas secas moídas, estas devem ser colocadas dentro de uma gaze que depois se fecha como se fosse um saquinho ou então podemos recorrer a um filtro de chá.

Fonte: Gastronomía&Cia.

Anúncios

Deixe a sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s