Muffins de Queijo Feta e Tomate Seco

Nota Cooking: Contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. :)

Já tinha referido o quanto adoramos bolos, bolinhos e afins cá por casa e, há umas semanas atrás vi estes muffins no blog “Petiscos e Miminhos“, tendo ficado com a mais absoluta certeza de que os iria testar num dia em que o tempo e a boa disposição me contemplassem…

Muffins Queijo e Tomate4

Ingredientes: (deu-me para 24 muffins)

280gr de tomate seco em azeite (uma embalagem)

4 ovos

1 colher de café de sal

1 colher de chá de açúcar

200gr de queijo feta

200 ml de leite

350gr de farinha com fermento

Orégãos para polvilhar

24 forminhas de papel

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º C.

Coloque numa taça o azeite da embalagem de tomate seco.

Junte os ovos, o sal e o açúcar e bata tudo muito bem.

Corte o tomate seco em tiras e o queijo feta em pequenos cubos.

Acrescente ao preparado e misture tudo.

Por fim, envolva delicadamente a farinha em alternância com o leite.

Coloque as forminhas de papel em formas próprias para o forno (alumínio ou silicone) para que as de papel fiquem com bom suporte e distribua a massa pelas formas.

Polvilhe os muffins com orégãos.

Leve ao forno cerca de 20 minutos.

Faça o teste do palito.

Estes muffins podem ser congelados, o que se torna uma grande mais-valia.

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

Tarte de Requeijão

Nota Cooking: Contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. :)

Cooking World - Tarte de Requeijao

Ingredientes: MASSA:

  • 150 gr. de farinha de trigo
  • 100 gr. de farinha integral
  • 2 colheres de sopa de sementes de linhaça
  • 1 colher de chá de sal
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 ovo grande
  • 0,5 decilitros de vinagre (coloquei um pouco menos)

RECHEIO:

  • 300 gr. de alho francês cortado
  • 250 gr. de courgetes cortadas em bocadinhos pequenos (ou ervilhas)
  • 20 gr. de sultanas douradas
  • 30 gr. de miolo de noz
  • 200 gr. de requeijão
  • 4 a 5 pés de tomilho-limão
  • pimenta preta q.b.
  • 100 gr. de queijo mozzarela

Preparação: Ligue o forno a 200º C. Misture as farinhas com as sementes de linhaça e o sal. Adicione o azeite, o ovo e o vinagre de sidra e amasse todos os ingredientes. Estenda a massa com o rolo untado de farinha e coloque-a numa tarteira de 24 cm. de diâmetro, forrada com papel vegetal. Pique o fundo com um garfo e deixe repousar enquanto prepara o recheio. Lave e escorra o alho francês, corte-o em rodelas. Se escolher usar courgetes, corte-as em pedaços pequeninos. Leve o azeite a lume brando num tacho, com o alho francês e as courgetes (ou ervilhas), tempere com sal e deixe cozinhar até os legumes estarem macios. Retire do lume, junte as folhas de tomilho-limão, o requeijão (previamente desfeito em pedaços), as sultanas e as nozes grosseiramente picadas. Tempere com a pimenta e misture bem. Deite na tarteira, vire os bordos da massa sobre o recheio e coloque na prateleira mais baixa do forno. Passados 20 minutos, polvilhe com o queijo mozzarela ralado e leve novamente ao forno por mais 15/20 minutos. (Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

Picapau

Nota Cooking: Contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. :)

Desengane-se quem pensar que coloquei um qualquer passarinho desgraçado na frigideira !  :)

Ah…!

Pensarem isso de mim é quase uma tragédia, só falta dizerem por aí a toda a gente que nem sabiam que ADORO Chocolate !

Vá lá, façam um esforço… PicaPau, PicaPau… eh eh eh

Pica Pau é um belo petisco que se serve por aí, nas mais diversas cervejarias do nosso País !

E que delícia…

Eu comia disto “aos molhos” nas minhas andanças de adolescente entre discotecas e bares…

Sim, que eu cá não perdia um pé de dança! :)

É um petisco que se serve em travessa, com vários garfos em redor para que os convivas vão petiscando o picapau que colocam no pãozinho enquanto estão em amena cavaqueira à mesa ! :)

É uma delicia que, acompanhada de um bom vinho ou uma bela cerveja gelada, faz com que sejamos um pouco mais felizes no meio da conjuntura negra que se abateu sobre nós !

Adoramos !

Mais uma refeição descontraída num belo Sábado à noite ! :)

Cooking World - Picapau

Ingredientes:

  • Bifanas de porco cortadas em pedacinhos pequenos (a quantidade é consoante o nº de pessoas)
  • 4/5 dentes de alho picadinhos
  • folhas de louro
  • 1 malagueta pequena picadinha
  • pimenta q.b.
  • margarina q.b.
  • óleo q.b.
  • mostarda q.b.
  • vinho branco (uns salpicos)
  • pickles
  • azeitonas

Preparação: 

Uma hora antes, corte as bifanas em pedaços pequenos e tempere com sal, alguns alhos, alho, louro e pimenta.

Numa frigideira coloque um pouco de óleo, margarina e alhos. Deixe fritar só um pouquinho, junte os pedacinhos de carne temperados, com todo o tempero e com as malaguetas…

Deixe fritar e vá adicionando os restantes temperos como a mostarda, salpique com vinho branco e vá provando o molho por forma a que fique a seu gosto.

Quando a carne estiver já pronta, transfira-a para uma travessa, cubra-a com queijo e deixe derreter ( o queijo que usei não era o mais indicado, use queijo mozzarela ou outro que derreta facilmente. Caso não derreta por ele próprio, coloque um pouco no forno, ligado só em cima para derreter o queijo.

Sirva com “pickles” e azeitonas.

A idéia é irem picando todos da mesma travessa e acompanhar com este Pão, por exemplo.

Tal como eu disse, este queijo não era o mais apropriado, mas era o que tinha em casa e queria gastá-lo! :)

E agora vamos à melhor parte ?????

Então vá… acompanhem-me:  preparem o pãozinho, molhem no molhinho…

E “voilá”!!!!!!

São servidos? ;)

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

Couronne

Nota Cooking: Contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. :)

Outro Pão! :)

Eh eh eh… Eu sei que vocês já não me podem ouvir / ler !!! Oh!  É que adoro fazê-los e provar… tão bom…!

E o que adoro o aroma característico que perfuma a minha cozinha enquanto o forno faz o seu trabalho…??  Muito, mas muito melhor que qualquer perfume francês!!!  Que ninguém me desminta! :))

É de facto uma sensação única tão bem conhecida por quem faz pão caseiro…! :) Vocês sabem!

Lá fiz então outro Pão, de seu nome Couronne, também simples (ou seja, não recheado), para acompanhar as nossas refeições e tirei esta receita de um livro que tenho por aqui.  É uma receita feita na máquina de fazer pão no programa “Massa”, mas eu não fiz… Tenho a minha MFP encaixotada por agora e não me apetece ter o balcão da cozinha atulhado de coisas… a Bimby serve perfeitamente para este efeito. Eu usei a Bimby mas quem não a possui, pode também usar um liquidificador que tenha programa para mexer a massa, ou então fazer o pão à mão.  Estas receitas adaptam-se facilmente.

Cooking World - Pao Couronne

Ingredientes:

  • 175 ml de água
  • 200 ml de iogurte natural (eu usei kéfir)
  • 2 colheres de chá de sal
  • 500 gr. de farinha de trigo Tipo 65
  • 2 colheres de chá de açucar
  • 1 colher + 1/4 de chá de fermento biológico seco (eu usei um pouquinho mais de metade de um cubinho de fermento de padeiro, ou seja, cerca de 15 gr.)

Preparação:

Ligue o forno a 180º C.

Colocar a água, o kéfir, o sal e o açúcar na Bimby e programar 2 minutos, temperatura 37º C, velocidade 2.

A seguir juntar metade da farinha e o fermento e programei 8 segundos na velocidade 6 para misturar.

Finalmente juntei a restante farinha e programei 2 minutos e meio na velocidade Espiga para bater a massa.

Retirar a massa, que deve despegar-se do copo (se isso não acontecer, junte mais um pouco de farinha), e tendê-la como desejar.

Deixe-a levedar cerca de 40 minutos ou até que dobre o volume.

Eu coloquei num tabuleiro largo enfarinhado, por isso ela não ficou muito alta, gostamos do pão com muita côdea e por isso experimentei fazê-lo assim!

Nota: A receita diz 500g de farinha, mas eu tive de colocar bastante mais pois a massa estava muito liquida, não sei se foi engano da receita ou meu, mas a verdade é que devo ter colocado mais umas 150/200 gr. de farinha, se calhar por ter usado kéfir em vez do iogurte, pois o kéfir que utilizei tinha apenas 24 horas de fermentação.

Fonte: “200 receitas de pão” de Joanna Farrow.

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

Clafouti de Feta e Legumes

Nota Cooking: Contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. :)

Gostamos de carne…

Gostamos de peixe…

Isso é inquestionável!

Mas a variedade e a criatividade tornam-se cada vez mais palavras de ordem nos dias que correm e as alternativas à carne e ao peixe são também excelentes opções como se revelou este “Clafouti” de Queijo Feta e de Cogumelos que foi uma agradável surpresa !

São assim os nossos Sábados à noite, com refeições descontraídas, deliciosas e sempre com boa disposição à mistura antes de uma sessão de cinema caseira até altas horas…

Afinal de contas, quem é que não gosta da febre de Sábado à noite ??

Cooking World - Clafouti de Feta e CogumelosIngredientes:

3 dentes de alho

8 cogumelos frescos

150 gr. de courgete

2 colheres de sopa de manteiga

4 ovos

100 gr. de farinha

2,5 decilitros de leite

150 gr. de queijo feta

tomates cereja

manteiga q.b.

sal q.b.

pimenta de caiena q.b.

orégãos q.b.

Preparação:

Ligue o forno a 190º C.

Unte uma tarteira com manteiga e reserve.

Pique os dentes de alho, corte os cogumelos em quartos e corte a courgete em meias luas.

Salteie tudo na manteiga, tempere com sal e pimenta.

Parta os ovos para uma tigela, junte-lhes a farinha a pouco e pouco e vá mexendo com a vara de arames. Junte o leite, envolva bem e tempere com sal e pimenta.

Passe este preparado por um passador de rede e coloque-o dentro da forma.

Por cima, disponha o salteado de legumes, intercale o queijo e os tomates cereja (inteiros ou em pedaços).

Perfume com orégãos.

Leve a meio do forno durante cerca de 15/30 minutos.

Retire do forno e sirva.

Bom Apetite!

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.

Pão de Iogurte, Mel e Cardamomo

Nota Cooking: A primeira contribuição do blog Brisa Marítima! Original aqui. :)

Este “bicharoco” revelou-se bem aromático e de forte personalidade ! :-)

Impôs a sua presença na minha cozinha, tão logo o vi no livrinho de pães e matutou a minha cabeça até que, por fim, venceu a minha resistência e me convenceu a executá-lo…

Porque não ? Pensei…

Porque tem funcho e a “esquisitinha-mor”, Menina F., reclama…

Ok, vamos então tornear a questão e oferecer-lhe outro travo… quem sabe não gosta?

Então fiz umas substituições e eis que chega à “passerelle” este Pão de Iogurte, Mel e Cardamomo!

Cooking World - Pao de Iogurte, Mel e CardamomoIngredientes:

200 ml de água

150 ml de iogurte grego (usei kéfir com 72 horas de fermentação)

2 colheres de sopa de mel

30 gr. de manteiga sem sal amolecida

1/2 colher de chá de sal

1 colher de chá de cardamomo em pó, ou em sementes grosseiramente esmagadas

500 gr. de farinha de trigo T65

1 + 1/4 colher de chá de fermento biológico seco

Preparação na MFP (Máquina de Fazer Pão):

Tire a cuba da máquina (MFP), encaixe a pá misturadora e coloque os ingredientes segundo a ordem indicada acima.

Encaixe a cuba na máquina e feche a tampa.

Programe o tamanho do pão para 1 kg., escolha a cor da côdea e escolha o programa “Normal”.

Quando o programa terminar, tire a cuba da máquina com cuidado para não se queimar, solte o pão com uma espátula se for necessário e vire-a para que o pão se solte.

Coloque-o sobre uma rede de cozinha para que arrefeça.

Preparação tradicional:

Coloque a farinha, o sal e o açúcar numa tigela espaçosa.

Misture os ingredientes, abra um buraco no meio e deite um pouco de água, o iogurte (ou kéfir), o mel, a manteiga derretida e o fermento.

Mexa com uma colher de pau ou com a sua mão.

Misture a farinha de fora para dentro até conseguir uma massa pegajosa.

Vá juntando o resto da água e continue sempre a mexer.

Amasse até a massa ter uma consistência elástica, vá enrolando, dobrando e puxando a massa.

Polvilhe a superfície da massa com farinha, tape-a com um pano limpo ou com um saco de plástico (ou película aderente), coloque-a dentro do microondas e deixe-a levedar.

Quando tiver crescido, tenda-a ou coloque-a numa forma a seu gosto e leve ao forno cerca de 25/30 minutos (este tempo é referencial, depende do forno de cada pessoa).

Fonte: “200 receitas de pão” de Joanna Farrow

(Imagem cedida pela autora) Isabel Fernandes – Brisa Marítima.